Parceiro dos leões fala em "total indignação e vergonha"

Grupovarius, parceiro do Sporting para as modalidades, anunciou esta sexta-feira que não vai marcar presença no camarote de Alvalade no jogo de domingo diante do Paços de Ferreira

A empresa Grupovarius, parceiro do Sporting para as modalidades, anunciou através do Facebook que não vai marcar presença no camarote do Estádio José Alvalade no jogo de domingo (20.30), diante do Paços de Ferreira, e mostrou repúdio à situação em que a equipa principal de futebol do clube está envolvida.

"O Grupovarius informa através desta mensagem e na pessoa do Presidente Executivo, que não se revê na vergonha que se está a passar no Clube que apoia e que inclusive tem camarote", começa por referir a empresa.

"Jamais pactuamos e aceitamos que uma instituição, seja ela qual for, que tenha sócios, apoiantes, simpatizantes e adeptos, exponha publicamente os problemas internos, ainda por cima com uma das modalidades, neste caso o Futebol.

O que parece que ainda não entenderam, é que o Sporting Clube de Portugal é muito mais do que isto. É um dos clubes do mundo com mais resultados desportivos a nível mundial. Não fazemos julgamentos sobre quem quer que seja, no entanto como principal responsável do apoio ao Judo do Sporting Clube de Portugal, e que cujo apoio foi fundamental e inequívoco para os resultados que a modalidade tem vindo a ter, informamos que não estaremos presentes no nosso camarote no próximo jogo, de forma a mostrar a nossa total indignação e vergonha.

Apelamos que seja posto de imediato um ponto final neste assunto e respeitem a instituição e quem a preside, bem como os que a representam, o desporto e os valores que representa tem que ser bem maior que os egos individuais de cada um", pode ler-se também, numa publicação assinada por Alexandre Cavalleri, presidente executivo da Iguarivarius e sócio 13.384 do Sporting.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG