"Maioria dos sportinguistas gostava que Quaresma voltasse"

Jorge Jesus elogiou extremo, mas afastou possibilidade de um regresso a Alvalade em janeiro

Ricardo Quaresma do Besiktas, adversário do Sporting na Liga Europa, quinta-feira, em Alvalade, tem sido apontado aos leões. O presidente do emblema turco chegou mesmo a afirmar que Bruno de Carvalho fez uma proposta verbal pelo extremo, aquando do jogo em Istambul, mas isso passa ao lado de Jorge Jesus.

"O Quaresma é um jogador com muito talento, com muita qualidade, é ídolo no Besiktas e deve estar super satisfeito com o que está a fazer no seu clube", afirmou esta quarta-feira o treinador do Sporting, na conferência de antevisão ao jogo com as águias de Istambul.

"Ninguém tem dúvida que a maioria dos sportinguistas gostava que ele voltasse ao Sporting. Mas também ninguém tenha dúvida que nenhum clube em Portugal pode rivalizar diretamente com os clubes turcos", terminou, após a insistência dos jornalistas.

O Sporting chega à última jornada da fase de grupos da Liga Europa a depender apenas de si para seguir para os 16 avos de final e por isso só a vitória frente ao Besiktas interessa. "Desilusão se não passar? Não... Agora, objetivo é passar. Não quero tirar essa responsabilidade porque é um dos objetivos da época. Se não conseguir, temos mais quatro provas em Portugal. Quatro não... três, porque uma já ganhámos. Nem me lembro quando ganho", atirou o treinador dos leões.

A ambição no campeonato não mexe com o plano traçado para a Liga Europa, segundo Jesus: "A Liga Europa é muito importante para nós. Claro que a nossa prioridade, como para qualquer equipa, é o campeonato. Mas isso não invalida que queiramos passar o grupo. Vou escolher a equipa que considero ser a melhor para ganhar."

Ou seja, vai manter a política da rotatividade. "Já cheguei a uma meia-final e a duas finais da Liga Europa sempre com esta ideia [da rotatividade]", acrescentou, completando com a certeza de que não será nada fácil fazer igual: "Chegar a finais de Liga Europa não é fácil, porque, nos quartos de final, já apanhas equipas de Champions."

Exclusivos

Premium

Contratos públicos

Empresa que contratava médicos para prisões não pagou e sumiu

O Estado adjudicou à Corevalue Healthcare Solutions, Lda. o recrutamento de médicos, enfermeiros, psicólogos e auxiliares para as prisões. A empresa recrutou, não pagou e está incontactável. Em Lisboa há mais de 30 profissionais nesta situação e 40 mil euros por pagar. A Direção dos Serviços Prisionais diz nada poder fazer.