João Mário ainda sem fumo branco. Leões atacam Bas Dost

Percentagem futura e comissões são arestas ainda por limar. Holandês do Wolfsburgo continua no radar para o ataque

Ainda não foi ontem que houve fumo branco para a transferência de João Mário para o Inter de Milão. As conversações prosseguem, na cidade italiana, mas algumas diferenças no que respeita a comissões e percentagens de transferência futura fazem que ainda não haja um entendimento total. Bruno de Carvalho continua em Itália, mas ao mesmo tempo está também a tratar de outros dossiês, como a chegada de outro avançado, sendo o holandês Bas Dost o mais desejado de momento.

Quanto a João Mário, como o DN já adiantou, havia já um pré-acordo para os valores da transferência global, num total de 45 milhões de euros, divididos por 10 milhões no primeiro ano (que seria de empréstimo), ficando depois o Inter de Milão com opção de compra obrigatória de 35 milhões.

O Sporting, no entanto, sempre sonhou com uma verba na ordem dos 50 milhões pela transferência do campeão europeu, daí que tenha colocado em cima da mesa de negociações a possibilidade de os leões ficarem com direito a 10% numa futura venda do médio de 23 anos. O Inter de Milão, no entanto, torceu o nariz a esta hipótese, considerando que os 45 milhões de euros já são um valor justo pela transferência do internacional português.

Este pormenor e as respetivas comissões a pagar, nomeadamente ao empresário de João Mário, o iraniano Kia Joorabchian, são algumas das arestas que faltam limar e que ontem, de acordo com alguns relatos da imprensa transalpina, levaram o Inter de Milão a equacionar afastar-se do negócio e tentar a contratação de Ramires, antigo jogador do Benfica e presentemente na China.

Ao que o DN apurou, e à hora do fecho desta edição, porém, as negociações ainda continuavam e embora o acordo não estivesse concluído, tudo indicava que João Mário ainda possa envergar a camisola dos nerazzurri na próxima temporada. Aliás, entre o jogador e o clube italiano o acordo é total, com o médio a ter à sua espera um acordo válido para as próximas quatro temporadas a troco de três milhões de euros limpos por cada temporada, bem superior aos 600 mil que recebe atualmente em Alvalade.

Holandês é sonho de Jesus

Bruno de Carvalho tem outros dossiês para tratar além do de João Mário e um deles é encontrar um substituto para Téo Gutiérrez, que rumou ao Rosario Central da Argentina. Nesse sentido, o holandês Bas Dost é o grande sonho de Jorge Jesus.

De acordo com o jornal alemão Bild, o Sporting é o clube que mais tem feito para tentar garantir a contratação do jogador de 27 anos junto do Wolfsburgo, embora até ao momento não haja qualquer tipo de entendimento entre os dois clubes. Os leões, no entanto, estão empenhados em oferecer ao treinador do Sporting os jogadores que este pediu e um deles foi mesmo Bas Dost, que, ainda assim, teria de reduzir substancialmente o vencimento que tem na Alemanha, na ordem dos 2,5 milhões de euros.

Apesar do interesse da formação de Alvalade, a verdade é que estes não estão sozinhos na corrida ao internacional holandês, que na temporada passada não foi uma opção regular no onze do Wolfsburgo, tendo apontado apenas oito golos na Bundesliga. De facto em Espanha também há clubes que fizeram ver ao emblema germânico que estão interessados nos préstimos do futebolista, como são os casos do Espanhol e do Bétis de Sevilha.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG