Figo não exclui candidatura à presidência

Ex-internacional português lamenta incidentes que "não condizem com história a prestígio do clube"

Nome várias vezes apontado como possível candidato à presidência do Sporting, Luís Figo referiu esta sexta-feira que não exclui a hipótese no futuro. "Nunca pensei fazê-lo, mas não afasto a possibilidade, sabendo que para dar um passo desta importância teria de sentir que tinha capacidade e conhecimento para tal, estar bem informado", afirmou o antigo jogador leonino e ex-internacional português, à margem da apresentação de uma iniciativa da Fundação Luís Figo em parceria com o canal Cartoon Network.

Figo lamentou os incidentes violentos na Academia de Alcochete, no qual 50 adeptos agrediram vários jogadores e elementos da equipa técnica: "É do conhecimento internacional o que se passou. A história e o prestígio do Sporting não condizem com o que aconteceu"

"Para bem do desporto e imagem do clube, tem de se averiguar este processo e punir consequentemente. Estes acontecimentos devem ser varridos do desporto. A Direção tem de tomar medidas que impeçam vandalismo semelhante", acrescentou o ex-jogador e um dos maiores símbolos históricos da formação do Sporting.

Exclusivos