Dortmund só perdeu dois jogos em casa na era Thomas Tuchel

Leões precisam de uma vitória para continuarem a sonhar na Liga dos Campeões. Mas não é fácil vencer no Signal Iduna Park

O Sporting tem amanhã um jogo decisivo para a continuidade na Liga dos Campeões, frente ao Borussia Dortmund. Se os leões perderem no Signal Iduna Park, o adeus à Champions é praticamente certo, dado que os alemães atingem os dez pontos e muito dificilmente o Real Madrid não sairá vencedor do outro jogo do grupo, na deslocação a Varsóvia para defrontar o Légia, pelo que, com duas jornadas para disputar, o terceiro lugar e a consequente passagem para a Liga Europa seriam o único objetivo.

A história não joga a favor do Sporting, que tem um verdadeiro trauma frente a equipas germânicas (só triunfou em duas ocasiões, ambas em casa) nas provas europeias. E a verdade é que vencer o Dortmund no Signal Iduna Park é coisa rara. Desde a temporada 2015-16, quando Thomas Tuchel se tornou treinador sucedendo a Jurgen Klopp, a equipa onde atua o internacional português Raphäel Guerreiro apenas foi derrotada por duas vezes no seu estádio em jogos oficiais.

Nesta temporada, logo em agosto, o Bayern Munique venceu o eterno rival por 2-0 em Dort-mund, na decisão da Supertaça da Alemanha, com golos de Arturo Vidal e Thomas Müller. O outro desaire aconteceu na época 2015-16, curiosamente num jogo da Liga Europa disputado em dezembro. A equipa germânica já estava apurada para a fase seguinte da prova, e num jogo em que Tochel utilizou alguns suplentes foi surpreendido no Signal Iduna Park pelos gregos do PAOK, que venceram os germânicos por 1-0, na sequência de um golo de Robert Mak.

É contra este registo que a equipa de Jorge Jesus irá tentar mudar a história caso queira continuar a sonhar com a permanência na Liga dos Campeões, numa altura em que os leões passam por um período negativo em termos de resultados e não vencem há três jogos consecutivos (derrota caseira com o Dortmund e empates com o Tondela e Nacional para a Liga).

A verdade é que o Dortmund também não vive uma fase de sucesso, e, tal como o Sporting, não vence há três jogos, precisamente desde a vitória por 2-1 em Alvalade (empates com Schalke, Union Berlim e Ingolstadt).

"Acredito no melhor Sporting aqui na quarta-feira e é para o melhor Sporting que nos vamos preparar, pois tudo o que não fosse isso seria leviano e muito pouco profissional da nossa parte. Vamos colocar a máxima exigência a nós próprios porque estou convencido de que vamos precisar dela", avisou o treinador Thomas Tuchel, que quer selar já amanhã o apuramento para os oitavos-de-final da prova milionária.

A boa notícia para Jorge Jesus, que ontem foi apontado pelo jornal catalão El Mundo Deportivo como um dos técnicos referenciados pelo Atlético Madrid com vista à sucessão de Diego Simeone, é o regresso do capitão Adrien. O médio português está afastado por lesão (foi operado a uma lesão meniscal no joelho esquerdo) desde o início de outubro, já começou a treinar e é certo que hoje o seu nome vai constar na lista de convocados que será conhecida hoje, devendo assim recuperar o seu lugar no meio-campo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG