André Pinto assinou até 2021 e fica já a treinar às ordens de Jesus

Defesa central rescindiu com o Sporting de Braga e foi ontem oficializado pelos leões. Contratação de dois ou três laterais e um avançado para atuar como 9 são prioridades

O Sporting oficializou ontem a contratação do defesa central André Pinto, 27 anos, ex-Sporting de Braga, naquela que é a primeira aquisição do clube para a temporada 2017/18. Há muito que se sabia que o jogador estava comprometido com os leões, que aproveitaram o facto de o futebolista estar em final de contrato com os arsenalistas, mas só ontem a ligação foi oficializada. André Pinto assinou até 2021 e ficou com uma cláusula de rescisão de 45 milhões de euros.

O defesa vai começar já a trabalhar às ordens de Jorge Jesus em Alcochete, algo possível devido a um entendimento entre os presidentes dos dois clubes para André Pinto rescindir já o contrato que o ligava ao Sp. Braga, o que vai facilitar a sua integração no plantel, a exemplo do que sucedeu com Bruno César, em novembro de 2015.

O central, recorde-se, tinha sido colocado na equipa B dos arsenalistas, em janeiro, por Jorge Simão. Tudo porque teria recusado atuar num jogo frente ao Marítimo, na Taça da Liga, invocando uma lesão. Uma decisão que desagradou ao técnico, que o colocou na equipa secundária. "Em relação a André Pinto, é uma situação irrevogável, não conta mais e tem de resolver a sua situação contratual", disse Jorge Simão a 15 de janeiro.

Logo em janeiro, quando começaram a surgir os primeiros rumores sobre o interesse do Sporting, o treinador Jorge Jesus não escondeu a sua admiração pelo central: "Posso dizer que é um dos bons centrais portugueses. Pode acrescentar mais valor à equipa. Se se concretizar também já é a pensar um pouco no futuro, na próxima época."

André Pinto passa assim a ser o quinto central do plantel do Sporting, juntando-se a Coates, Rúben Semedo, Paulo Oliveira e Douglas. Este último é praticamente certo que vai sair no final da época, pois praticamente não foi utilizado - um total de oito jogos em todas as competições. Resta saber se Paulo Oliveira irá ou não permanecer.

As posições a reforçar

Definida a questão do defesa central, o Sporting já está no mercado a procurar reforços para outras posições do campo. Jorge Jesus e o presidente Bruno de Carvalho têm mantido reuniões sobre a planificação da nova temporada e estão já identificadas as posições a reforçar: dois ou três laterais e um avançado que atue como número 9. O lado esquerdo é prioritário, dado que Jefferson e Marvin Zeegelaar devem deixar o Sporting no final da época, pelo que pode até chegar mais do que um jogador para esta posição específica. Para este posto Jesus têm ainda o polivalente Esgaio e o extremo adaptado Bruno César.

Relativamente ao ataque, existem duas saídas já definidas: Joel Campbell e Luc Castaignos, jogadores que nunca conseguiram convencer Jesus, sendo certo que vai chegar um reforço.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG