Fernando Santos: "A segunda parte foi muito pouco responsável"

Selecionador nacional criticou atitude dos jogadores da seleção nacional, esta terça-feira, após a derrota com a Suécia. "Estou aborrecido com o jogo", reconheceu Fernando Santos.

"Houve pouca responsabilidade na segunda parte. Perdemos um jogo que nunca poderíamos ter perdido. Houve uma grande penalidade por marcar a nosso favor, mas nunca podíamos ter sofrido três golos", criticou o selecionador nacional, Fernando Santos, após a derrota sofrida por Portugal, diante da Suécia, esta terça-feira, no Funchal (2-3). "Não fomos tão competentes como devíamos ter sido. A segunda parte foi muito pouco responsável", sublinhou, na entrevista rápida à TVI, após a partida.

Na origem do mal estar de Fernando Santos - "estou aborrecido com o jogo, ninguém pode estar contente quando não ganha", desabafou - estava a reviravolta permitida pela seleção nacional, depois de ter chegado ao intervalo a vencer por 2-0. Na primeira parte, estivemos geralmente bem, mas defensivamente nunca estivemos completamente bem. Sabíamos o que eles faziam e que pressionavam muito nas segundas bolas. Eles até poderiam ter marcado, tiveram uma oportunidade na primeira parte mas a partir daí controlámos o jogo, estivemos razoavelmente bem. O jogo estava controlado", recordou o técnico.

No entanto, a passividade defensiva no segundo tempo deitou tudo a perder. "Todos os jogadores encararam o jogo de forma séria, mas acabámos por ter alguma infelicidade. Produzimos mais do que expressa o resultado", lamentou o defesa Luís Neto, após a partida. "Há que levantar a cabeça e continuar a trabalhar", disse, por sua vez, Gelson Martins.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG