Rummenigge pede ao Chile "comportamento responsável" com Vidal

Presidente do Bayern acusa o Chile de ter utilizado Vidal quando o médio estava com problemas físicos

O presidente do Bayern Munique, Karl-Heinz Rummenigge, pediu na sexta-feira à Federação Chilena de Futebol um "comportamento responsável" com Arturo Vidal, deixando entender que o clube alemão pretende que o médio seja dispensado da seleção.

Vidal foi titular pelo Chile, bicampeão sul-americano, no jogo de quinta-feira na Colômbia, que terminou sem golos, mas teve de abandonar o relvado nos minutos finais, devido a problemas musculares.

"Apelamos à federação chilena que tenha um comportamento responsável e sensível. A saúde do jogador [Arturo Vidal] está em primeiro lugar", começou por dizer Rummenigge ao diário alemão Bild, acrescentando que o Bayern Munique "está muito preocupado com a saúde" do médio.

Vidal já manifestou a intenção que continuar ao serviço do Chile, que recebe na quarta-feira o Paraguai, na 12.ª jornada do torneio sul-americano de qualificação ao Mundial2018, num jogo que pode ser decisivo para os anfitriões.

No torneio sul-americano, e com 11 jornadas disputadas, o torneio sul-americano é liderado pelo Brasil, com 24 pontos, seguido do Uruguai, com 23, Colômbia, 18, Equador e Chile, ambos com 17.

Os chilenos ocupam a posição que dá acesso ao 'play off', fora do grupo que se qualifica diretamente para o Mundial2018, que se disputa na Rússia.

Na próxima jornada da liga alemã, o Bayern Munique, que reparte a liderança com o surpreendente Leipzig, ambos com 24 pontos ao dim de dez jogos, visita o rival Borussia Dortmund, num confronto agendado para 19 de novembro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG