Rúben Semedo com mais uma acusação de agressão

Futebolista português do Villarreal já estava acusado de agressão e porte de arma em rixa num bar de alterne, agora é um funcionário do bar a acusar o jogador de o ameaçar com uma arma.

São já duas as acusações de agressão que recaiem sobre Rúben Semedo na liga espanhola. O central português do Villarreal foi acusado de ter agredido um jovem, partindo-lhe uma garrafa na cabeça, após um desentendimento numa discoteca em Valência (Espanha).

Tudo terá acontecido na madrugada de 29 de outubro do ano passado, conta o diário desportivo Marca. Após uma discussão com o queixoso, serenada após a intervenção dos amigos de ambos, Rúben Semedo terá dito ao jovem que o acompanhasse ao carro, para lhe oferecer uma camisola do Villarreal e encerrar o desentendimento. No entanto, a caminho da viatura o futebolista terá tirado do bolso uma garrafa de vidro, com que atingiu a cabeça do queixoso, provocando-lhe um golpe. Os amigos de ambos voltaram a intervir e a polícia foi chamada ao local, com a alegada vítima a apresentar queixa do jogador português.

Esta denúncia é conhecida dias depois de Rúben Semedo ter sido acusado de ameaçar com uma arma de fogo um empregado de uma casa de alterne. O jogador, de 23 anos, está a treinar à parte do plantel do Villarreal, enquanto recupera de uma lesão muscular.

Exclusivos