"Ronaldo não tem culpa do que está a acontecer", diz advogado

António Lobo Xavier disse esta sexta-feira à SIC Notícias que o jogador português não cometeu fraude fiscal, e que a polémica em torno do internacional luso é diferente do caso de Messi e de outros atletas

O advogado de Cristiano Ronaldo, António Lobo Xavier, desmentiu que o seu cliente tenha cometido crimes de fraude fiscal. "Não admito fuga aos impostos. Cristiano Ronaldo chegou ao Real Madrid em 2010, antes jogou no Reino Unido, onde também tinha os seus direitos de imagem. Utilizou o mesmo regime em Espanha", afirmou, referindo que CR7 pagou em 2014 os impostos relativos aos três anos anteriores.

Lobo Xavier disse ainda que o jogador ainda não foi acusado formalmente, existindo apenas uma denúncia. "Estamos numa fase muito preliminar do processo. O Ministério Público ainda vai decidir se vai avançar com o processo", esclareceu, frisando que não está em causa ocultação de salário, mas sim de rendimentos do craque do Real Madrid respeitantes a direitos de imagem, gerados por todo o mundo.

"A notícia é uma total surpresa e o jogador sente-se até injustiçado, o que me dá até uma especial responsabilidade e um gosto por assumir por ele essa sensação de tristeza e injustiça", acrescentou.

"Trata-se de um diferendo técnico, mas o critério seguido por Cristiano Ronaldo até deu mais dinheiro ao fisco de Espanha. O caso de Messi e de outros jogadores acusados de fuga aos impostos é completamente diferente, pois esses não declararam nada. Cristiano Ronaldo declarou em 2014", vincou o advogado.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG