Rivais unidos nos empates dão ânimo ao FC Porto

Benfica e Sporting não foram além de empates nos seus jogos que encerraram a primeira volta do campeonato. Foi, portanto, um sábado potencialmente bastante produtivo para o... FC Porto, que hoje entra no Dragão a precisar de vencer o Moreirense para aproveitar os brindes dos rivais, pois pode ficar a quatro pontos do líder, Benfica, e quatro pontos à frente do Sporting. Se o conseguir ficará com renovado ânimo para atacar a conquista do título que lhe escapa há três temporadas.

O empate dos leões em Chaves mostra que esta é a pior primeira volta de Jorge Jesus desde que assumiu equipas que lutam pelo título, ou seja, em oito anos. É que o Sporting perdeu 33,3% dos pontos em disputa (17 pontos em 51 possíveis), ligeiramente superior à segunda temporada de Jesus no Benfica (2010-11), na qual tinha 26,6% dos pontos perdidos (12 em 45 pontos) numa Liga com 16 equipas. Ontem, em Chaves, o empate deixou exaltados os adeptos leoninos, que protestaram contra Jorge Jesus e jogadores à saída da equipa, obrigando a polícia a intervir.

Na Luz, o Benfica chegou aos 30 minutos a perder 3-0 com o Boavista, algo que nunca tinha acontecido em jogos de campeonato, conseguiu ainda chegar ao empate, mas falhou o que seria inédito: vencer um jogo do campeonato depois de três golos de desvantagem. Aliás, esta foi a 42.ª vez na história da Liga que o Benfica esteve a perder num jogo por 3-0, sendo certo que foi apenas a segunda vez que conseguiu empatar (na última jornada de 2000-01, um jogo fora com o Desp. Aves terminou 4-4).

Esta foi apenas a sexta vez que os encarnados estiveram a perder 3-0 na Luz em jogos de campeonato: nas cinco anteriores perderam sempre.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG