Real Madrid vence Sevilha a um minuto do final do prolongamento

Carvajal fez o 3-2 perto do fim, isto depois de Sergio Ramos ter empatado o jogo nos descontos do tempo regulamentar.

O Real Madrid, sem Pepe e Cristiano Ronaldo, conquistou esta terça-feira a Supertaça Europeia ao vencer o Sevilha por 3-2, com um golo de Carvajal a um minuto do final do prolongamento.

E este jogo foi, de facto, impróprio para cardíacos e mais uma vez a sorte sorriu aos merengues. É um facto que Asensio, com um golo para mais tarde recordar, colocou o Real Madrid na frente, aos 21 minutos, mas o Sevilha conseguiu virar o marcador com golos de Franco Vasquez e Konoplyanka, aos 41' e 72'.

Mas o jogo ainda não tinha terminado e novamente Sergio Ramos acabou por ser o salvador dos merengues. Se em 2010 marcou nos descontos o golo que permitiu ao Real Madrid empatar a final da Champions diante do Atlético de Madrid (que acabariam por vencer no prolongamento), ontem voltou a fazer o mesmo, aos 92'. No tempo extra foi depois a vez de outro defesa, Carvajal, fazer o 3-2 final a um minuto do fim.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG