PS pede audição da Liga de Clubes e da APAF no parlamento

Foi também aprovada uma proposta do CDS-PP para a audição dos representantes dos jornalistas sobre os casos de violência no desporto

A comissão parlamentar do Desporto aprovou esta terça-feira, por unanimidade, um requerimento do PS para a audição da Liga Portuguesa de Futebol Profissional e da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol sobre os casos de violência nos jogos.

De acordo com um comunicado do grupo parlamentar socialista, o requerimento foi apresentado pelo deputado João Castro e aprovado por unanimidade.

O deputado socialista requereu a audição da Liga e dos árbitros de futebol no decorrer de uma reunião da Comissão de Cultura, Comunicação, Juventude e Desporto da Assembleia da República.

Foi também aprovada uma proposta do CDS-PP para a audição dos representantes dos jornalistas sobre os casos de violência no desporto.

João Castro justificou as audições com o "crescendo dos casos de violência no desporto que, de acordo com notícias publicadas, registam 43 agressões nesta época desportiva", refere ainda o comunicado.

No domingo, um jogador do Canelas, equipa da primeira divisão distrital de futebol do Porto, agrediu o árbitro José Rodrigues no encontro com o Rio Tinto.

O jogador, Marco Gonçalves, foi ouvido na segunda-feira no Tribunal de Instrução Criminal (TIC) do Porto, ficando proibido de contactar árbitros e frequentar recintos desportivos.

Exclusivos

Premium

Ferreira Fernandes

A angústia de um espanhol no momento do referendo

Fernando Rosales, vou começar a inventá-lo, nasceu em Saucelle, numa margem do rio Douro. Se fosse na outra, seria português. Assim, é espanhol. Prossigo a invenção, verdadeira: era garoto, os seus pais levaram-no de férias a Barcelona. Foram ver um parque. Logo ficou com um daqueles nomes que se transformam no trenó Rosebud das nossas vidas: Parque Güell. Na verdade, saberia só mais tarde, era Barcelona, toda ela.