Pichardo consegue melhor marca mundial do ano

Luso-cubano saltou 17, 92 na Hungria. Nelson Évora também participou, mas não fez qualquer salto válido.

Pedro Pablo Pichardo conseguiu esta terça-feira a melhor marca mundial do ano no triplo salto, com um salto de 17,92 metros, com que venceu em Székesfehérvár, na Hungria. Nelson Évora com participação dececionante, não fazendo qualquer salto válido.

A menos de um mês da prova nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, Pichardo aproximou-se da sua segunda melhor marca de sempre, o recorde nacional de 17,95, ao dominar o Memorial István Gyulai.

Travou durante os vários ensaios um duelo com o burquinês Hughes Fabrice Zango, que no seu melhor saltou para 17,82, estabelecendo o segundo melhor registo em 2021.

O português, de resto, já tinha a melhor marca do ano, então fixada nos 17,69, antes desta competição, conseguida em Madrid em 19 de junho, prosseguindo em boa forma para Tóquio.

O Memorial István Gyulai serviu para outras boas marcas, como o segundo melhor registo do ano nos 100 metros, do sul-africano Akani Simbine, a correr a distância em 9,84 segundos, e o bielorrusso Maksim Nedasekau igualou a melhor marca mundial do ano no salto em altura, os 2,37 metros conseguidos primeiro pelo russo Ilya Ivanyuk.

Portugal vai estar representado por 92 atletas, em 17 modalidades, nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, que vão ser disputados entre 23 de julho e 08 de agosto, depois do adiamento por um ano, devido à pandemia de covid-19.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG