Pedro Gonçalves ultrapassa Seferovic e é o melhor marcador do campeonato

Jogador do Sporting torna-se no primeiro português a sagrar-se isoladamente no artilheiro da I Liga desde Domingos Paciência em 1995-96. Leões golearam Marítimo por 5-1

Na reta da meta, Pedro Gonçalves ultrapassou Haris Seferovic e tornou-se o melhor marcador da I Liga. Ambos os jogadores tinham partida para a última jornada do campeonato com 20 golos e o avançado suíço do Benfica até tinha chegado aos 22 após bisar na visita ao Vitória de Guimarães, mas o atacante do Sporting respondeu com um hat trick na goleada por 5-1 ao Marítimo e garantiu a conquista do troféu individual.

Pedro Gonçalves quebra assim um longo jejum de 25 anos, uma vez que desde 1995-96, quando o portista Domingos Paciência apontou 25 golos, que um jogador português não se sagrava isoladamente melhor marcador do campeonato.

Curiosamente, o futebolista leonino de 22 anos, também conhecido como Pote, nunca tinha apontado um hat trick na carreira.

Pedro Gonçalves e Seferovic defrontaram-se na última jornada, no dérbi da Luz ganho pelo Benfica (4-3). Ambos marcaram dois golos e andaram "picados" durante todo o jogo, mostrando que a luta pelo troféu de melhor marcador do campeonato não é coisa pouca. E ontem os treinadores prometeram ajudar à festa, pois Jorge Jesus anunciou a titularidade de Seferovic, enquanto Rúben Amorim prometeu dar livres e penáltis a Pote.

Ao terminar como goleador do campeonato, o reguila de Vidago, torna-se no 22.º jogador do Sporting a consegui-lo, sendo que o último foi Bas Dost (34 golos em 2016-17).

Já Seferovic procurava ser o rei do golo em Portugal pela segunda vez, depois de 2018-19 (23 golos). O suíço começou a I Liga como segunda opção, atrás de Darwin Núñez, mas conquistou o lugar com os golos que foi marcando. Já tinha sido assim em 2019, quando começou como quarta opção, depois de Ferreyra, Castillo e Jonas, ídolo dos adeptos que sofria com lesões nas costas.

Campeão Sporting goleia Marítimo na despedida

No estádio José Alvalade, o Sporting adiantou-se no marcador com dois golos de Pedro Gonçalves, aos sete e 20 minutos, com o cipriota Andreas Karo a marcar na própria baliza aos 21 e dar três golos de vantagem aos leões ao intervalo.

Na segunda parte, Pedro Gonçalves completou o seu hat-trick aos 62 minutos, apontando o seu 23.º golo nesta edição da I Liga, que lhe garante o troféu de melhor marcador do campeonato, com um tento de vantagem sobre Seferovic, avançado do Benfica.

O equatoriano Gonzalo Plata, aos 75, fez o quinto do Sporting, com o Marítimo a reduzir, pelo italiano Beltrame, aos 89.

Com esta vitória, o Sporting, que já tinha garantindo o título, termina a I Liga com 85 pontos, cinco de vantagem sobre o FC Porto, enquanto o Marítimo, que já tinha a manutenção assegurada, é 15.º, com 35.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG