Piloto envolvido em acidente mortal na Corunha "destroçado" e "perturbado"

O piloto do Peugeot 206 que se despistou, identificado como Sergio T. , "apenas se apercebeu do sucedido quando saiu do carro", revelou o presidente da autarquia onde aconteceu o acidente.

O piloto do automóvel que se despistou sábado no Rali da Corunha, matando seis pessoas e ferindo outras 16, está "destroçado" e "perturbado", disse o presidente da autarquia de Carral, onde o acidente teve lugar.

De acordo com José Luiz Fernández, o piloto do Peugeot 206 - identificado como Sergio T. -, "apenas se apercebeu do sucedido quando saiu do carro".

Hoje, foram realizadas em Carral e na localidade vizinha de Cambre homenagens às seis vítimas mortais do acidente.

Na Corunha, foram decretados três dias de luto oficial em memória das vítimas.

Na sua conta oficial do Twitter, o presidente do Governo espanhol, Mariano Rajoy, já tinha expressado as suas condolências.

"Os meus sentidos pêsames pelos falecidos e desejos de pronta e completa recuperação dos feridos", escreveu Rajoy.

Dos 16 feridos transferidos para o Hospital Universitário da Corunha, cinco já tiveram alta, mas seis permanecem ainda internados, um dos quais em estado considerado muito grave.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG