Kyrgios, o amigo Kokkinakis e a namorada de Wawrinka

Australiano multado pela ATP, depois de ter provocado o suíço com referências menos próprias à namorada, Donna Vekic.

"O Kokkinakis dormiu com a tua namorada, desculpa lá ser eu a dizer-te..." Foi assim que o rebelde do circuito ATP, Nick Kyrgios, respondeu a Wawrinka depois de o suíço ter reclamado com ele pela demora a servir, durante um jogo do Masters 1000 de Montreal, que Kyrgios viria a ganhar por desistência de Stanislas Wawrinka, com o resultado desfavorável de 6-7(8), 6-3 e 4-0.

Wawrinka, campeão de Roland-Garros, namora, segundo a imprensa internacional, com a também tenista Donna Vekic, desde abril. Antes disso, no Open da Austrália 2014, Vekic fez dupla com Thanasi Kokkinakis, um jovem jogador australiano amigo de Kyrgios. Uma parceria que ultrapassou o campo, segundo o bad boy que foi finalista do último Estoril Open e é o atual n.º 41 do ranking ATP.

A inconfidência, verdadeira ou não, foi audível em todo o court do estádio de Montreal. Daí até ir parar à internet foi um instante, incendiando as redes sociais de imediato. A atitude de Kyrgios mereceu o comentário de milhares de pessoas no Twitter, sendo o assunto mais falado a nível mundial durante a madrugada em Portugal. "Isto é o que acontece quando alguém te irrita", defendeu o irmão de Nick, Chrisios Kyrgios.

Mas foram mais os que o criticaram do que os que o defenderam. Principalmente as figuras ligadas ao ténis, que demonstraram o descontentamento face ao jovem australiano. A começar pelo principal visado: o próprio Wawrinka.

Eram duas da manhã em Montreal (Canadá), onde se jogava o torneio, quando o número cinco da hierarquia mundial foi ao Twitter para expressar a sua indignação: "É tão desapontante ver um atleta e um colega faltar ao respeito de uma maneira que eu nem conseguiria imaginar. O que ele disse eu não diria ao pior inimigo. Descer tão baixo é não só inaceitável como custa a acreditar."

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG