Rui Patrício no Wolverhampton por quatro anos

Clube inglês que subiu este ano à Premier League adquiriu o concurso do guarda-redes que rescindiu com o Sporting alegando justa causa. Seleção passa a ter só três desempregados

Rui Patrício já tem clube. O Wolverhampton, clube inglês treinado por Nuno Espírito Santo e com uma ligação estreita ao agente Jorge Mendes, anunciou o guarda-redes português como reforço para as próximas quatro temporadas. Horas antes de ter rescindido com o Sporting o futebolista realizou exames médicos para consumar a sua transferência para Inglaterra, não se tendo efetivado porque o Sporting e Jorge Mendes não se entenderam depois de os ingleses terem oferecido 18 milhões e o agente, alegadamente, ter reclamado sete milhões referentes a esta operação e à saída de Adrien para o Leicester um ano antes.

O Wolverhampton subiu este ano à Premier League tendo contado com uma brigada portuguesa bastante numerosa; Roderick Rúben Neves, Rúben Vinagre, Ivan Cavaleiro, Hélder Costa, Diogo Jota.

Com este anúncio a seleção nacional passa a ter somente três desempregados; William Carvalho, Bruno Fernandes e Gelson Martins. Todos eles, como Rui Patrício, rescindiram com o Sporting alegando justa causa. :

Exclusivos

Premium

Contratos públicos

Empresa que contratava médicos para prisões não pagou e sumiu

O Estado adjudicou à Corevalue Healthcare Solutions, Lda. o recrutamento de médicos, enfermeiros, psicólogos e auxiliares para as prisões. A empresa recrutou, não pagou e está incontactável. Em Lisboa há mais de 30 profissionais nesta situação e 40 mil euros por pagar. A Direção dos Serviços Prisionais diz nada poder fazer.