O teorema de Pitágoras explicado por Pogba e Cristiano Ronaldo

Professora de Matemática em França viu no 'dab' de Pogba uma forma de cativar os alunos para o clássico teorema. E meteu CR7 na equação

"A caminho de Siracusa, disse Pitágoras aos netos: o quadrado da hipotenusa é igual à soma do quadrado dos catetos." Esta é provavelmente a mais célebre lengalenga matemática e já atravessou a vida de gerações de estudantes, mesmo que uma boa parte deles a tenha atirado para a cave do esquecimento e perdido a chave. Mas o ensino do teorema de Pitágoras ganhou agora uma versão mais criativa, graças a uma professora francesa que resolveu testar a aprendizagem dos seus alunos com a ajuda do famoso gesto (dab) com que Paul Pogba festeja os seus golos. E ainda utilizou Cristiano Ronaldo pelo meio.

Claire, professora de matemática em Aubervilliers, nos subúrbios de Paris, deparou-se com o problema da maioria dos professores de matemática: como atrair o interesse dos alunos para uma disciplina que grande parte deles diaboliza? A solução foi bastante original e chamou a atenção de milhares de internautas no Twitter, onde ela partilhou os exercícios propostos aos alunos. O que motivou mais interesse e comentários foi naturalmente aquele em que o dab de Pogba é utilizado para resolver um exercício de trigonometria em volta do teorema de Pitágoras [aplicável a triângulos-retângulos].

Para ajudar a "seduzir" os alunos, Claire utilizou ainda o capitão português Cristiano Ronaldo no enunciado. E colocou-lhes o seguinte problema: "Cristiano Ronaldo está com ciúmes do dab de Paul Pogba e tenta demonstrar que ele não é perfeito. Segundo a Declaração Universal dos Direitos do Dab (DUDDDD), o dab só é perfeito se os triângulos representados na figura [ver figura na página] forem retângulos. Será o dab de Pogba perfeito?"

Assim que partilhou a imagem do exercício no Twitter, Claire percebeu que a ideia tinha resultado. Os retweets sucederam-se, bem como as questões e comentários de dezenas de internautas. O dab pitagórico (ou não, já lá vamos) de Pogba tornou-se viral e Claire chegou às páginas do jornal francês Le Figaro, onde manifestou a sua surpresa pela dimensão atingida por este episódio.

"Estava em conversa com amigos sobre um teste que tinha de preparar para os meus alunos do 4.º ano e eles propuseram-se a ajudar-me. E rapidamente nos entusiasmámos a imaginar exercícios", referiu a professora, explicando que partilhou o exercício no Twitter "porque há muitos professores nessa redes social e queria fazê-los rir". "Mas nunca imaginei que a minha mensagem seria tão partilhada quanto o foi", acrescentou sobre o seu tweet, que teve mais de nove mil partilhas até meio da tarde de ontem.

O sucesso do exercício criativo de Claire foi tal que chegou até ao próprio Paul Pogba, com o médio da seleção francesa e do Manchester United (que este ano protagonizou a transferência mais cara de sempre, ao mudar-se da Juventus para Old Trafford por mais de 100 milhões de euros) a não resistir a comentar o tweet. "O meu dab foi útil? Estou aprovado?", retorquiu o internacional francês, na mesma rede social. "Aparece na minha escola para um concurso de dab", respondeu-lhe a professora de Aubervilliers.

Do hip-hop ao presidente Marcelo

Apesar de Paul Pogba ser o futebolista que mais popularizou o dab no futebol, começando ainda nos tempos da Juventus, o gesto não é uma invenção do médio francês. A origem do dabbing [dança com o dab] é geralmente atribuída à cena hip-hop de Atlanta e ao grupo Migos, e multiplicou a popularidade com a importação do gesto para os palcos desportivos. O jogador de futebol americano Cam Newton foi pioneiro a celebrizar o dab, na NFL, e ao longo do último ano o gesto foi-se tornando viral entre outros atletas de outros desportos (como Pogba, no futebol, ou LeBron James na NBA). Mas não só.

Hillary Clinton dançou ao gesto do dab no programa de tv Ellen, durante a campanha eleitoral norte-americana e a primeira dama Michelle Obama também se rendeu. Até o presidente português Marcelo Rebelo de Sousa aderiu à moda, posando para uma fotografia com alunos madeirenses num centro comercial, durante a visita à ilha.

Cristiano Ronaldo tem razão

Claire ainda não partilhou no Twitter se Pogba e Ronaldo ajudaram os seus alunos a resolver bem o teorema de Pitágoras, mas já informou pelo menos que eles se "divertiram bastante". Quanto à solução, bom, parece que Cristiano Ronaldo tem razão para denunciar o dab de Pogba: não é um dab perfeito. se o braço esquerdo cumpre a regra de o quadrado da hipotenusa ser igual à soma do quadrado dos catetos, já o braço direito não tem o mesmo rigor.

----------

O PROBLEMA

Teorema de pitágoras ou de Pogba?

"Cristiano Ronaldo está com ciúmes do dab de Paul Pogba e tenta demonstrar que ele não é perfeito. Segundo a Declaração Universal dos Direitos do Dab (DUDDDD), o dab só é perfeito se os triângulos representados na figura forem retângulos. Será o dab de Pogba perfeito?", pergunta o exercício da professora Claire.

Solução: Não, pois só o braço esquerdo responde às regras do Teorema de Pitágoras.

Braço esquerdo: (CE)2 = (CD)2 + (DE)2 --> (90)2 = (72)2 + (54)2 --> 8100 = 2916 + 5184 --> 8100 = 8100

Braço direito: (FH)2 = (FG)2 + (GH)2 --> (42)2 não é igual a (18)2 + (37)2 --> 1764 não é igual a 324 + 1369 --> 1764 não é igual a 1693

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG