O desabafo emotivo do empresário de Rúben Semedo: "O meu menino não merecia esta crueldade"

Catió Baldé escreveu uma carta no blogue Ditadura de Consenso onde revela que o jogador português do Villarreal "caiu numa armadilha". Central foi detido e ficou em prisão preventiva, acusado de tentativa de homicídio e posse ilegal de arma, entre outras.

Para Catió Baldé, a Rúben Semedo "caiu numa armadilha". O central do Villarreal está em prisão preventiva, acusado da prática de seis crimes, entre os quais tentativa de homicídio.

Numa carta aberta publicada no blogue Ditadura de Consenso, o empresário escreve um longo texto sobre o "filho", num relato emocionado da ascensão e queda do miúdo do Casal da Mira, desde as origens até à transferência milionária do Sporting para Espanha, no verão, por 14 milhões de euros.

"O Rúben Semedo, como muitos jovens jogadores, estão expostos aos novos abutres que proliferam à volta deles. São assediados de todas as formas, por mulheres, frequentam discotecas e possuem carros luxuosos e potentes. Vestem as melhores marcas, vivem em sumptuosas vivendas e muito mais. O Rúben Semedo infelizmente caiu numa dessas armadilhas, burlado por especialistas e experts na matéria. O meu menino e jogador não merecia esta crueldade de estar a contas com a justiça, privando-o de fazer o que mais gosta que é jogar à bola", pode ler-se na carta.

Exclusivos