Nelson Évora promete superforma nos Jogos para chegar aos 18 metros

Atleta português de triplo salto está na fase final dos treinos físicos e diz sentir-se forte. "Vou ficar surpreendido com os meus saltos", garante,

Otimista e muito motivado. É assim Nelson Évora, que a quatro meses dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro só pensa em atingir o máximo das suas capacidades para chegar às medalhas do triplo salto, no Brasil.

"Espero viver o meu momento alto nos Jogos Olímpicos", assumiu o atleta do Benfica, revelando que está numa fase intensa de treinos que, no entanto, estão "a correr muito bem". "Estou na reta final da preparação e o importante é manter a concentração e a motivação nos níveis máximos", acrescentou, na cerimónia de assinatura de um patrocínio, reafirmando o seu desejo de superar a barreira dos 18 metros. "Sinto-me muito bem, estou forte e acredito que vou ficar surpreendido com os meus saltos", disse, esperançado de que "o resultado final vai ser bom", pois acredita que irá "estar numa superforma" quando chegar o momento de saltar para as medalhas olímpicas.

Com os treinos físicos a terminar, Nelson Évora adianta que "nas próximas semanas" irá começar a saltar, por isso só nessa altura irá ver até onde pode chegar. "Tenho uma superequipa que trabalha comigo todos os dias. Estamos todos muito motivados e isso dá-me todas as condições para atingir o máximo rendimento", reforçou. Esquecido está já o quarto lugar alcançado nos Mundiais de Pista Coberta em Portland, onde não conseguiu chegar aos 17 metros, ficando-se pelos 16,89. "É normal que nas grandes competições consiga superar-me, mas infelizmente isso não aconteceu nos Mundiais", admitiu, avançando de imediato com uma explicação: "Eu sempre disse, antes dessa competição, que não fiz qualquer preparação específica para os Mundiais de Pista Coberta, apenas participei porque quis ter competição, pois não era bom estar tanto tempo sem competir."

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG