"Não estou muito convicto de que o ciclismo vá ganhar popularidade"

Marco Chagas foi o último a ganhar uma Volta a Portugal com as camisolas do Sporting (1986) e do FC Porto (1982). Em vésperas do regresso dos dois clubes à estrada, na Volta ao Algarve, que arranca 4.ª-feira, lembra os êxitos passados e fala desta nova era

FC Porto e Sporting vão voltar às estradas, na Volta ao Algarve. Como último vencedor da Volta a Portugal com a camisola de cada um dos dois clubes, quais são as suas expectativas?

Claro que o regresso desses dois grandes clubes ao ciclismo traz um interesse acrescido, que irá aumentar a visibilidade da Volta ao Algarve, nomeadamente em termos de cobertura jornalística e de acompanhamento do público.

Acredita que com FC Porto e Sporting de volta iremos assistir ao regresso dos tempos áureos do ciclismo?

Infelizmente, não estou muito convicto do aumento da popularidade do ciclismo em Portugal. Como é sabido, quer o FC Porto quer o Sporting aproveitaram estruturas já montadas por parte de outras equipas. O FC Porto, em parceria com a W52, que venceu as três últimas edições da Volta a Portugal. Já o Sporting, com o Clube de Ciclismo de Tavira, a equipa mais antiga do pelotão. Teria sido muito melhor se Sporting e FC Porto tivessem criado estruturas de raiz, em vez de aproveitarem o que já existia. Vamos aguardar pelos próximos tempos, mas estou muito cético em relação a esse grande aumento de popularidade que muitos esperam.

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG