Lesão no tendão de Aquiles afasta francês Koscielny

O defesa gaulês do Arsenal vai falhar o Mundial 2018 devido a uma rotura no tendão de Aquiles, que o obrigará a uma paragem de seis meses, confirmou o esta terça-feira treinador Arsène Wenger.

"Ele está obviamente desolado, vai ficar fora de competição durante, pelo menos seis meses. Não o veremos nos relvados até ao início de dezembro, na melhor das hipóteses", afirmou Wenger.

Koscielny, que tencionava deixar a seleção depois do Mundial, lesionou-se na quinta-feira, no jogo da segunda mão das meia-final da Liga Europa, no qual os londrinos perderam em Espanha por 1-0 frente ao Atlético de Madrid, depois de terem empatado a um golo em Londres.

Logo após o encontro, que ditou o afastamento do Arsenal da final, o selecionador francês, Didier Deschamps, e a federação galesa, deram a entender que o jogador iria ficar afastado do Mundial.

"É um golpe duro para a França", disse Deschamps, no dia a seguir ao jogo de Madrid, acrescentando: "Estou muito triste pelo Laurent, porque este Mundial seria um momento muito importante da sua carreira. Desejo-lhe muita coragem e força para regressar rapidamente".

Laurent Koscielny, de 32 anos, soma 51 internacionalizações e foi um jogador importante no Euro2016, competição na qual a seleção gaulesa foi derrotada por Portugal na final.

A França, vice-campeã europeia, vai defrontar na primeira fase do Mundial as seleções do Peru, da Dinamarca e da Austrália.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG