Fonte quer Portugal a "baixar ao nível" de Andorra para vencer

Para Fonte, é para já 'proibido' falar do encontro de dia 10 com a Suíça. Para chegar a essa "final" é preciso primeiro vencer a "meia-final" com Andorra

José Fonte afirmou hoje que a seleção portuguesa de futebol tem que "baixar ao nível" de Andorra para no sábado vencer o encontro da fase de qualificação para o Mundial2018 e mostrou-se contra a utilização de relvados sintéticos.

"Na minha opinião, esse tipo de relvados artificiais não devia ser permitido. Não faz sentido. Não estamos habituados", afirmou José Fonte aos jornalistas, na Cidade do Futebol, em Oeiras, minutos antes de mais um treino da seleção nacional.

Todos os jogos que Andorra fez em casa foram complicados para as equipas que lá foram. Temos que baixar ao nível deles em termos de entrega, agressividade, sacrifício

No sábado, na penúltima jornada do Grupo B, Portugal vai defrontar Andorra no relvado sintético do Estádio Nacional local, situação que promete dificultar a tarefa da formação lusa, que está obrigada a vencer para continuar a lutar pelo apuramento direto para o próximo Campeonato do Mundo.

"Todos os jogos que Andorra fez em casa foram complicados para as equipas que lá foram. Temos que baixar ao nível deles em termos de entrega, agressividade, sacrifício. Se fizermos isso, a qualidade que temos depois resolve o resto. Vai ser muito difícil também pelo relvado artificial. Temos mais qualidades do que eles, mas não vai ser fácil", disse.

Caso veja um cartão amarelo no sábado, o defesa central do West Ham falha o duelo decisivo com a Suíça, situação em que também se encontra Cristiano Ronaldo e mais quatro jogadores da seleção portuguesa.

"Temos de jogar sempre de acordo com os nossos princípios. Não podemos pensar em amarelos ou tirar o pé. Isso é impossível. Temos é que ter a noção de não ver um amarelo estúpido. Isso sim. É importante não reagir e ter atitudes que levem a um amarelo estúpido", referiu.

Para Fonte, é para já 'proibido' falar do encontro de dia 10 com a Suíça, no Estádio da Luz, já que chegar a essa "final" é preciso primeiro vencer a "meia-final" com Andorra.

"Estamos habituados a este tipo de pressão. Portugal joga sempre para ganhar e tem de ganhar. Não podemos meter a carroça à frente dos bois. Queremos encarar o jogo com a Suíça, mas antes temos que ganhar a Andorra", lembrou o jogador de 33 anos, acrescentado que acredita que Portugal vai garantir a qualificação direta para o Mundial2018.

A seleção nacional ocupa o segundo posto do grupo, com 21 pontos, menos três do que a Suíça, que lidera só com vitórias. As duas equipas já têm pelo menos assegurado um lugar no 'play-off', caso falhem o primeiro lugar.

O Andorra-Portugal está agendado para as 20:45 (19:45 horas de Lisboa) e terá arbitragem do checo Miroslav Zelinka.

Exclusivos