Mourinho acusado de conduta imprópria (uma vez mais)

Treinador português do Manchester United voltou a ser expulso de um jogo, após dar um pontapé numa garrafa de água.

A Federação Inglesa (FA) anunciou, esta segunda-feira, ter acusado José Mourinho de "conduta imprópria", na sequência da expulsão de que foi alvo, no jogo do Manchester United com o West Ham (1-1), no domingo. É a terceira vez em pouco mais de um mês, que tal acontece.

O técnico português recebeu ordem de expulsão da parte do árbitro Jonathan Moss, aos 27 minutos do jogo, em Old Trafford, depois de ter protestado uma decisão do árbitro - mostrou o cartão amarelo a Paul Pogba - e ter pontapeado uma garrafa de água...

Mourinho voltou assim a ser acusado de "conduta imprópria" pela FA, podendo agora ser alvo de uma pesada sanção. Ainda assim, o técnico e os red devils têm até às 18.00 de dia 1 de dezembro (quinta-feira) para apresentar a argumentação contra a acusação.

Um caso similar ao que envolveu Arsene Wenger, em 2009, num Manchester United- Arsenal e que acabou com a FA a pedir desculpas ao técnico francês, por o ter enviado para o meio dos adeptos red devils nas bancadas de Olf Trafford.

Em 2003 Alex Ferguson, além de pontapear uma garafa de água insultou o juiz da partida e apanhou dois jogos de castigo. E José Mourinho? Terá direito a pedido de desculpas ou apanhará um ou dois jogos de castigo...

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG