Mónaco reembolsa adeptos que pagaram para ver clube perder 7-1

O PSG dilatou para 17 pontos a vantagem que detém para o Mónaco

O Mónaco ofereceu-se para devolver o dinheiro dos bilhetes aos adeptos do clube que pagaram para ver o clube perder 7-1 com o Paris Saint-Germain, um resultado que assegurou a conquista do título ao clube parisiense.

O PSG não só venceu, como goleou o clube que ainda é o campeão em título, treinado pelo português Leonardo Jardim.

Para os adeptos que viajaram até à capital Francesa, o clube monegasco ofereceu-se para reembolsar o dinheiro do bilhete. "O AS Mónaco tomou a decisão de reembolsar os adeptos vermelhos e brancos que estiveram na bancada dos visitantes esta noite. As modalidades serão comunicadas no início desta semana", escreveu na rede social Twitter.

O Mónaco acabou por ser um inesperado bombo da festa parisiense, e para a história do jogo ficam os golos de Giovani Lo Celso, aos 14 e 27 minutos, Edinson Cavani, aos 17, Ángel di Maria, aos 20 e 58, Radamel Falcao, aos 76 na própria baliza, e do alemão Julian Draxler, aos 86.

O português Rony Lopes, que com João Moutinho foi titular no 'onze' de Leonardo Jardim, ainda atenuou o escândalo com um golo aos 38 minutos, ficando em 4-1 o resultado ao intervalo.

O vice-presidente do Mónaco Vadim Vasilyev também recorreu ao Twitter para dizer que foi uma noite "catastrófica" e que os adeptos foram os únicos que estiveram à altura.

O PSG dilatou para 17 pontos a vantagem que detém para o Mónaco, segundo classificado, quando faltam disputar 15. A equipa de Leonardo Jardim passou a ter o Lyon (3.º) e o Marselha (4.º) a apenas quatro pontos de distância.

O virtual campeão PSG soma o sétimo título ao seu palmarés, cinco dos quais nas últimas seis épocas.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG