Mecânico francês morre em acidente durante ligação da última etapa do Dakar

O mecânico francês foi vítima de um acidente de viação e não resistiu aos ferimentos.

O francês Quentin Lavalée, chefe de mecânicos da PH Sport, que participa no rali Dakar na categoria Dakar Clássico, morreu esta sexta-feira, aos 20 anos, na sequência de um acidente de viação na Arábia Saudita.

"Esta manhã, pelas 11h30 [08h30 em Lisboa], ao quilómetro 234 do percurso de ligação da última etapa, deu-se um acidente entre um veículo de assistência e um camião local", informaram as autoridades sauditas.

A organização do rali Dakar confirmou a morte do mecânico, indicando que "o passageiro que seguia na viatura acidentada, o belga Maxime Frère, ficou ferido e, consciente, foi transportado ao National Guards Hospital de Jeddah, para efetuar exames, devido a uma contusão abdominal e torácica".

Este é o primeiro acidente mortal durante a realização da 44.ª edição do rali Dakar de todo-o-terreno, que terminou com a vitória do britânico Sam Sunderland (Gas Gas), nas motas, e do catari Nasser Al-Attiyah (Toyota), nos automóveis.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG