Luis Suárez, o melhor do Mundial, destaca os "três melhores do mundo"

O avançado uruguaio foi eleito o melhor jogador do Mundial de Clubes, mas diz que não faz parte dos três melhores do mundo. Nem Cristiano Ronaldo

O avançado uruguaio Luis Suárez afirmou hoje que só foi eleito o melhor do Mundial de clubes, após um 'bis' ao River Plate, na final (3-0), porque tem a seu lado os "três melhores jogadores do Mundo".

"Disfruto no dia a dia por ter os jogadores que tenho em meu redor, neste caso Leo (Messi), Neymar e outro que também é um delícia, o Andrés (Iniesta). Tenho a meu lado o melhor do Mundo, o segundo e o terceiro", disse o uruguaio.

Suárez marcou três golos nas meias-finais, face aos chineses do Guangzhou Evergrande (3-0), e hoje apontou dois frente aos argentinos, na segunda parte do jogo de Yokohama, depois de Lionel Messi inaugurar o marcador, na primeira.

O uruguaio repartiu, porém, os méritos com toda a equipa, em especial os três jogadores que referenciou: "Com eles, posso estar tranquilo, pois as oportunidades surgem".

"Estou muito feliz por ter recebido o prémio de melhor jogador, mas o que cada um de nós mais valoriza é o esforço da equipa", frisou Suárez.

Em relação ao jogo, o avançado uruguaio reconheceu que o FC Barcelona "não estava a fazer um grande jogo" até chegar ao primeiro golo, aos 36 minutos, por Messi.

"Fizeram-nos pressão alto e não foi fácil para nós, mas conseguimos chegar ao 3-0. Depois, baixámos um pouco o ritmo e só então é que nos criaram algum perigo. O resultado final foi expressivo, mas foi um bom jogo", acrescentou.

A formação catalã venceu cinco títulos em 2015, juntando hoje o Mundial de clubes à Liga dos Campeões, à Supertaça Europeia, à Liga espanhola e à Taça do Rei, mas quer continuar a vencer.

"Esta equipa quer continuar a conquistar títulos no futuro", afirmou Suárez, que bateu o recorde de golos numa edição do Mundial de clubes, superando os quatro tentos do brasileiro Denílson (Pohang Steelers), em 2009.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG