Lewis Hamilton com terceira 'pole position' da temporada no GP da Hungria

Esta é a 101.ª "pole" da carreira do piloto britânico.

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) conquistou este sábado a 'pole position' pela terceira vez esta temporada de Fórmula 1, no Grande Prémio da Hungria, alcançando as 101 na carreira.

O atual campeão do mundo em título gastou 1.15,419 minutos para completar a melhor volta na sessão de qualificação desta tarde, batendo o companheiro de equipa, o finlandês Valtteri Bottas (Mercedes), por 0,315 segundos, enquanto o holandês Max Verstappen (Red Bull), líder do campeonato, foi terceiro, a 0,421 segundos.

Estes foram os três únicos pilotos a conseguirem atingir o segundo 15, pois todos os restantes fizeram voltas acima de 1.16 minutos.

Depois de ter conseguido o melhor tempo logo à primeira tentativa da derradeira fase de qualificação (a Q3), Hamilton, que montou pneus médios, fez uma segunda tentativa bastante lenta, de forma a entorpecer Max Verstappen, que seguia na sua cauda.

Com isso, conseguiu manter o holandês afastado, além de ter feito com que o mexicano Sérgio Perez, no outro Red Bull, não conseguisse iniciar a sua última tentativa a tempo.

Os dois Red Bull vão começar a corrida com pneus macios, indicando uma estratégia diferente da dos Mercedes, que montam pneus médios.

"Creio que estivemos abaixo deles [Mercedes] ao longo de todo o fim de semana e isso ficou patente na qualificação", frisou Verstappen.

A sessão ficou ainda marcada pelo despiste do espanhol Carlos Sainz (Ferrari), que dava boas indicações, mas obrigou à interrupção dos trabalhos na Q2.

Depois de ter conquistado a 'pole' nos GPs da Emília Romagna (Itália) e de Espanha (em maio), o piloto britânico conseguiu a terceira do ano e alargou o recorde do Mundial de Fórmula 1, que já lhe pertencia, para as 101.

Hamilton acabou a sessão vaiado pelos adeptos, que na sua maioria apoiam Verstappen, mas explicou que, "quanto muito", sentiu foi que as vaias o "alimentaram".

O britânico confessou-se "surpreendido" por os restantes pilotos do top10 montarem pneus macios, enquanto os Mercedes partem com médios.

O GP da Hungria de Fórmula 1 é a 11.ª de 23 provas previstas do Campeonato do Mundo.

Max ​​​​​​​Verstappen lidera, atualmente, a classificação, com 185 pontos, mais sete do que Hamilton, que procura, aqui, a sua 100.ª vitória no Mundial.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG