LeBron James cumpriu a promessa: os Cavs são campeões pela primeira vez

Cleveland Cavaliers já tinham estado em duas finais, mas haviam perdido ambas, primeiro face aos San Antonio Spurs (0-4, em 2006/07) e na época passada face aos Golden State Warriors (2-4).

Os Cleveland Cavaliers conquistaram domingo o seu primeiro título de campeões da Liga norte-americana de basquetebol (NBA), ao vencerem fora os detentores do cetro Golden State Warriors por 93-89, no sétimo jogo da final.

A formação comandada por LeBron James, que somou o seu terceiro título de campeão, depois de dois ao serviço dos Miami Heat, tornou-se a primeira, à 33.ª tentativa, a vencer a final depois de estar a perder por 3-1.

LeBron James cumpriu a promessa feita a Cleveland, ao levar os Cavaliers ao primeiro título da Liga norte-americana de basquetebol (NBA), selado com um triunfo (93-89) no reduto dos Golden State Warriors, com ajuda de Kyrie Irving.

Com o resultado em 89-89, e após quase quatro minutos sem nenhuma equipa acertar no cesto, Irving marcou o 'triplo' que decidiu o jogo, a 53 segundos do fim, com James a selar o resultado final, de lance livre, tornando os 'Cavs' na primeira equipa a recuperar de uma desvantagem de 1-3 na final.

Irving terminou com 26 pontos, enquanto James, que somou o terceiro 'anel', depois de dois pelos Miami Heat, tornou-se o terceiro jogador a conseguir um 'triplo duplo' num jogo 7 da final, com 27 pontos, 11 assistências e 11 ressaltos, sendo eleito por unanimidade o melhor jogador (MVP) das 'finals'.

"Regressei para isto. Quando voltei, há dois anos, disse que traria um campeonato para a cidade. Dei tudo o que tinha, dei o meu coração, o meu sangue, o meu suor por esta equipa. Contra todas as probabilidades, conseguimos. Cleveland, isto é para ti!", afirmou, emocionado, LeBron James.

Nos 'Cavs', que nos seus 52 anos de história haviam perdido as duas finais disputadas, uma delas na época passada, com os mesmos Warriors (2-4), destaque ainda para os 12 pontos de J. R. Smith e os nove pontos e 14 ressaltos de Kevin Love.

O melhor jogador do encontro foi, no entanto, o anfitrião Draymond Green, autor de 32 pontos, com 11 em 15 nos 'tiros' de campo, incluindo seis em oito nos 'triplos', mais quarto em quatro nos lances livres, 15 ressaltos e nove assistências.

Green não foi, porém, ajudado pelas duas grandes figuras da equipa, que não marcou qualquer ponto nos últimos 4.40 minutos: Stephen Curry ficou-se pelos 17 pontos, com quatro 'triplos' convertidos em 14 tentados, e Klay Thompson só conseguiu 14, com dois em 10 nos 'tiros' longos.

Naquele que foi o único jogo verdadeiramente equilibrado da final, com 11 igualdades e 20 mudanças de liderança, destaque para o facto de o Warriors terem perdido mesmo com mais nove 'triplos' marcados (15 contra seis).

Os 'Cavs' marcaram os primeiros quatro pontos e os Warriors responderam com oito, mas foi o equilíbrio a pautar o primeiro período (22-23), com os 'triplos' dos locais a terem resposta no melhor jogo interior dos forasteiros.

A tendência manteve-se no segundo período, mas um imparável Draymond Green (22 pontos, com cinco em cinco nos lançamentos de três pontos) 'inclinou' a balança para os locais (49-42), que somavam 10 'triplos' ao intervalo (em 21 tentados), contra apenas um dos Cavaliers (em 14).

Com J. R. Smith inspirado no início da segunda parte, os 'Cavs' chegaram rapidamente à igualdade (54-54) e, depois de dois lançamentos (2+3) de Curry (59-54), apareceu Irving, com 10 pontos num parcial de 14-2.

Os forasteiros estavam sete pontos à maior (61-68), mas os anfitriões não demoraram a reagir e, com Draymond Green a reaparecer, conseguiram mesmo acabar o terceiro parcial na frente, por um ponto (76-75).

Os Cavaliers lideraram o início do último período (76-79, 78-81 e 80-83), mas os Warriors voltaram ao comando, quatro pontos à maior (87-83), com um 'triplo' de Curry, dois pontos de Thompson e outros dois de Green.

LeBron James respondeu com três lances livres e um 'triplo', o seu único no encontro, a 4.53 minutos do final (87-89), com Thompson a empatar de imediato.

Faltavam 4.40 minutos, e entrou-se num período de sucessivos falhanços: Love, Green, Irving, Iguodala, por culpa de 'enorme' desarme de lançamento de James, o próprio LeBron e Curry não acertaram nos seis ataques seguintes.

Após um desconto de tempo, Irving assumiu e desfez, finalmente o 89-89, com um 'triplo' em 'cima' de Curry, que, no ataque seguinte, falhou o empate.

Com 10,6 segundos para jogar, LeBron James sofreu falta de Green e, depois de se contorcer no chão, falhou um lance livre, mas marcou o segundo e selou o título dos 'Cavs'. Curry ainda falhou um 'triplo' e começou a festa dos forasteiros.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG