José Mourinho multado por pressionar árbitro

O técnico do Man. United elogiou o árbitro no final do jogo, mas segundo a FA pressionou-o antes da partida com o Liverpool

O treinador do Manchester United, o português José Mourinho, foi hoje multado pela Federação Inglesa de futebol (FA) por criar pressão através de comentários sobre o árbitro de futebol Anthony Taylor, antes do jogo com o Liverpool, em outubro.

Mourinho, de 53 anos, afirmou na véspera do duelo com os Liverpool, em Anfield, que Taylor é "um bom árbitro", mas acreditava que alguém estava a colocar "uma pressão desmedida sobre ele" e, por isso, seria complicado fazer um bom jogo.

A FA inglesa viu os comentários como "uma camada adicional de pressão" sobre o árbitro, criando uma "situação de espada de Dámocles, onde o árbitro estaria tramado independentemente da sua prestação", considerou uma comissão independente.

Os comentários de Mourinho levaram a duas acusações, de conduta imprópria e de descrédito do jogo. O técnico português aceitou a primeira, mas protestou a segunda.

Ainda assim, a comissão multou o português pelas duas acusações numa decisão "unânime", considerando ainda que a prestação do árbitro "não foi afetada" pelos comentários do treinador, que foram tidos como "desnecessários" na decisão hoje conhecida.

No final do duelo, que terminou empatado sem golos, Anthony Taylor foi elogiado pelo seu trabalho, tanto por Mourinho como pelo treinador do Liverpool, Jürgen Klopp.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG