Jéssica Silva promete que a seleção vai lutar até à última jornada do Europeu

A avançada portuguesa reconhece que este resultado "abre a possibilidade de a qualificação no grupo ficar só decidida na última jornada". Seguem-se os jogos com os Países Baixos e a Suécia.

A qualificação para a próxima fase do Europeu feminino de futebol, a decorrer em Inglaterra, poderá só ser decidida na última jornada, avisou este domingo a internacional portuguesa Jéssica Silva.

Depois de Portugal ter empatado 2-2 com a Suíça, no sábado, as outras equipas no Grupo C, Países Baixos e Suécia, também empataram (1-1).

Este resultado "abre a possibilidade de a qualificação no grupo ficar só decidida na última jornada", acredita a jogadora, que destacou a importância de ganhar os próximos jogos.

Jéssica Silva falava após um treino de recuperação no centro de treinos do Manchester City, estando prevista para a tarde a visualização de vídeos da equipa dos Países Baixos, "uma seleção incrível", que Portugal enfrenta na quarta-feira com os olhos na vitória.

"Nós sabíamos que este grupo era difícil. No primeiro jogo queríamos ter vencido, porque sabíamos que com os Países Baixos e a seguir a Suécia seria mais difícil", disse.

A avançada do Benfica marcou o segundo golo que deu o empate contra as suíças, que admitiu ter sido importante também em termos pessoais e que irá "lembrar para o resto da vida".

"Foi um golo que soube bem, particularmente a mim, foi um golo muito especial, numa estreia, mas foi um golo mais importante para a equipa, pois deu-nos um empate e ajudou-nos a crescer no jogo", vincou.

A responsável pela assistência para o golo, Tatiana Pinto, realçou a atitude de "acreditar até ao fim" para conseguir recuperar de uma desvantagem de dois golos para igualar contra a Suíça. "Sei que a Jéssica é uma jogadora super rápida e perspicaz, portanto arrisquei, era altura de arriscar e felizmente as coisas correram bem e empatámos o jogo", recordou.

Tatiana Pinto descreve como "épica" a segunda parte do jogo de estreia de Portugal neste Europeu, que fez o empate "saber a pouco".

"Venha qualquer seleção que vier, acho que estamos preparadas e as seleções que jogarem contra nós vão respeitar-nos muito mais, vão ter muito mais atenção e vão ter de correr muito para nos ganhar", afirmou.

Devido à melhor pontuação em termos disciplinares, Portugal está agora no topo do grupo, embora com o mesmo número de pontos das outras três equipas, o que, de certa forma, é motivador para a centrocampista do Levante.

"Faz-nos sentir que tudo é possível, que não devemos deixar de acreditar neste momento", disse Pinto.

Portugal, que participa pela segunda vez num Europeu feminino, defrontará os Países Baixos na quarta-feira às 20.00 horas e a Suécia a 17 de julho, ambos no estádio Leigh Sports Village, em Wigan & Leigh, na região de Manchester, Inglaterra.

Os dois primeiros classificados de cada um dos quatro grupos apuram-se para os quartos de final.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG