SportTV lança emissões regulares de ultra HD com Sporting x FC Porto

Empresa arranca, em outubro, com o primeiro canal nacional de ultradefinição com jogos da Liga NOS e Liga espanhola

A SportTV inicia a 1 de outubro, com o jogo Sporting x FC Porto, emissões regulares em ultradefinição (4K). O clássico é um dos 30 jogos da Liga NOS e da Liga espanhola que serão transmitidos pelo canal desportivo premium durante esta época.

O primeiro canal em Portugal com emissões regulares de conteúdos em ultradefinição surge oito anos depois de a empresa de canais desportivos ter avançado com oferta em alta definição. "É um momento marcante da vida da SportTV", considerou Joaquim Oliveira, presidente do conselho de administração da companhia (o empresário é ainda acionista do Global Media Group, o mesmo do DN).

O SportTV 4K UHD estará disponível na posição 420 gratuitamente até ao final do ano para os clientes da NOS, Meo e Vodafone, com pacotes SportTV Premium, multiscreen e empresas. "A Nowo ainda não emite em sinal 4K. Esperamos que, a muito breve trecho, a Nowo se junte", diz Nuno Ferreira Pires, o novo CEO da Sport TV, que assumiu o cargo em setembro.

A SportTV trabalhava no lançamento deste canal há mais de um ano. A empresa já tinha feito no ano passado algumas experiências com a transmissão de jogos em ultradefinição. Por exemplo, transmitiu a final da Liga dos Campeões em 4K. "Precisamos de estar um passo à frente do mercado", afirma Nuno Ferreira Pires. Neste momento, 70% dos clientes dos canais premium desportivos optam por canais em alta definição (HD). Com a transmissão em ultradefinição a resolução da imagem nos ecrãs quadruplica: passa dos atuais mais de 2 milhões de pixels de uma transmissão em HD para mais de 8,2 milhões.

Resultado? Uma imagem com maior nitidez, detalhe, profundidade, transformando o ato de assistir a um jogo de futebol numa "experiência imersiva, dando a sensação de que estamos no local", reforça o CEO. Para isso, os telespetadores têm de ter um ecrã em ultra HD e uma box 4K, o que ainda não é a norma de mercado. "É uma condicionante de contexto de quem está à frente . Quando foi lançado o HD foi o mesmo: primeiro lançou-se a tecnologia, logo a seguir os terminais", afirma Nuno Ferreira Pires. "A nossa expectativa é altíssima [em termos de adesão ao novo canal]. Há uns anos tínhamos todos a receber em sinal analógico e, passados poucos anos, temos mais de 70% do nosso parque de clientes em HD."

Inicialmente, está prevista a transmissão dos jogos da Liga NOS que envolvam os três grandes, Benfica, FC Porto e Sporting, e da Liga espanhola (Real Madrid e Barcelona). "Quando o mercado começar a disponibilizar o 4K de forma regular a intenção é alargar ao resto da grelha", diz o CEO. Nuno Ferreira Pires não adianta valores de investimento. Foi um "investimento financeiro alto", mas sobretudo um "grande esforço" ao nível dos recursos, sublinha.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Ferreira Fernandes

A Europa, da gasolina lusa ao palhaço ucraniano

Estamos assim, perdidos algures entre as urnas eleitorais e o comando da televisão. As urnas estão mortas e o nosso comando não é nenhum. Mas, ao menos, em advogado de Maserati que conduz sindicalistas podíamos não ver matéria de gente rija como cornos. Matéria perigosa, sim. Em Portugal como mais a leste. Segue o relato longínquo para vermos perto.Ontem, defrontaram-se os dois candidatos a presidir a Ucrânia. Não é assunto irrelevante apesar de vivermos no outro extremo da Europa. Afinal, num canto ainda mais a leste daquele país há uma guerra civil meio instigada pelos russos - e hoje sabemos, como não sabíamos ainda há pouco, que as guerras de anteontem podem voltar.

Premium

Marisa Matias

Greta Thunberg

A Antonia estava em Estrasburgo e aproveitou para vir ao Parlamento assistir ao discurso da Greta Thunberg, que para ela é uma heroína. A menina de 7 ou 8 anos emocionou-se quando a Greta se emocionou e não descolou os olhos enquanto ela falava. Quando, no final do discurso, se passou à ronda dos grupos parlamentares, a Antonia perguntou se podia sair. Disse que tinha entendido tudo o que a Greta tinha dito, mas que lhe custava estar ali porque não percebia nada do que diziam as pessoas que estavam agora a falar. Poucos minutos antes de a Antonia ter pedido para sair, eu tinha comentado com a minha colega Jude, com quem a Antonia estava, que me envergonhava a forma como os grupos parlamentares estavam a dirigir-se a Greta.

Premium

Margarida Balseiro Lopes

O governo continua a enganar os professores

Nesta semana o Parlamento debateu as apreciações ao decreto-lei apresentado pelo governo, relativamente à contagem do tempo de carreira dos professores. Se não é novidade para este governo a contestação social, também não é o tema da contagem do tempo de carreira dos professores, que se tem vindo a tornar um dos mais flagrantes casos de incompetência política deste executivo, com o ministro Tiago Brandão Rodrigues à cabeça.