Miguel Cardoso é o novo treinador dos franceses do Nantes

"Orgulhoso por me juntar ao Nantes", afirmou o ex-treinador do Rio Ave no Twitter

O treinador Miguel Cardoso, que deixou o Rio Ave, vai orientar na próxima época o Nantes, da liga francesa de futebol, anunciou hoje o técnico português nas redes sociais.

"Orgulhoso por me juntar ao Nantes. Um clube com um histórico rico, uma enorme identidade e com fãs, como eu, apaixonados pelo futebol", afirma o treinador, nas suas contas do Twitter e do Instagram.

Também nas redes sociais, o clube francês anunciou a contratação do português para as próximas duas épocas.

Miguel Cardoso, de 46 anos, que orientou o Rio Ave na época que terminou, tinha-se desvinculado do clube vila-condense na terça-feira, depois de ter alcançado o quinto lugar no campeonato e uma vaga nas pré-eliminatórias da Liga Europa.

A direção do Rio Ave anunciou, entretanto, que o José Gomes será o substituto de Miguel Cardoso no comando da equipa vila-condense.

José Gomes, de 47 anos, regressa a Portugal nove temporadas depois de ter estado no FC Porto como adjunto de Jesualdo Ferreira.

Como treinador principal, José Gomes tem passagens por Paços de Ferreira, Desportivo das Aves, Leixões, União de Leiria e Moreirense, em Portugal, além de ter treinado Al Taawon e Al-Ahli Jeddah, da Arábia Saudita, e Baniyas, dos Emirados Árabes Unidos.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Ricardo Paes Mamede

Foi Centeno quem fez descer os juros?

Há dias a agência de notação Standard & Poor's (S&P) subiu o rating de Portugal, levando os juros sobre a dívida pública para os níveis mais baixos de sempre. No mesmo dia, o ministro das Finanças realçava o impacto que as melhorias do rating da República têm vindo a ter nas contas públicas nacionais. A reacção rápida de Centeno teve o propósito óbvio de associar a subida do rating e a descida dos juros às opções de finanças públicas do seu governo. Será justo fazê-lo?