Bayern Munique confirma saída de Carlo Ancelotti

A decisão do clube alemão surge na sequência da pesada derrota sofrida frente ao PSG, em jogo a contar para a Liga dos Campeões

O Bayern Munique confirmou, através de um comunicado no site do clube, que chegou a acordo com Carlo Ancelotti para rescindir o contrato do treinador italiano com efeitos imediatos.

A decisão surge na sequência da pesada derrota sofrida frente ao PSG, por 3-0, em jogo a contar para a Liga dos Campeões.

Após o mau resultado frente ao clube francês, Karl-Heinz Rummenigge, diretor desportivo do Bayern, afirmou que o clube iria agir "em conformidade" com o sucedido, sendo que, de acordo com o jornal alemão Bild, a administração do Bayern agendara uma reunião para a tarde desta quinta-feira para definir a possibilidade de Ancelotti ser demitido do cargo que ocupava.

De acordo com o comunicado do clube, Willy Sagnol, antigo internacional francês que integrava a equipa técnica, irá avançar como treinador interino.

A imprensa alemã avança ainda que o clube poderá avançar para a contratação de Thomas Tuchel, o ex-treinador do Borussia Dortmund.

O Bayern Munique tem apresentado uma série de resultados abaixo das expectativas, registando um empate e uma derrota em seis jornadas da Bundesliga.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Geopolítica

5 anos. A Crimeia é russa mesmo que Ocidente não goste

Em março de 2014, no auge da rebelião na Ucrânia que derrubou o regime pró-russo de Viktor Ianukovitch, forças russas ocupavam a Crimeia e Moscovo decretava a 18 a anexação da península e a sua plena integração na Federação Russa. Era o início de uma crise que, cinco anos depois, continua a envenenar as relações entre a Rússia e o Ocidente.