"Desconhecido" Horn surpreende Pacquiao e o mundo e ganha título mundial 

Pacquiao, de 38 anos, pagou o preço de um começo lento e da incapacidade de acabar o combate com um 'knockout'

O australiano Jeff Horn surpreendeu o filipino Manny Pacquiao num combate sangrento em Brisbane, Austrália, e venceu o título de campeão de meios-médios da Organização Mundial de Boxe (WBO), numa decisão unânime após 12 assaltos.

Perante 50 mil fãs, o antigo professor de 29 anos derrotou Pacquiao, que já é uma lenda no mundo do pugilismo, sendo o único a ter detido títulos mundiais em oito categorias. "Estou tão feliz, não consigo explicar os meus sentimentos", disse Horn no ringue. "Desde muito novo que eu acreditava que podia fazer isto."

As pontuações dos juízes (117-111 e 115-113 por duas vezes) foi favorável a Horn, um pugilista relativamente desconhecido e que apresenta um palmarés de 16 vitórias e um empate em 17 combates. Para Pacquiao, de 38 anos, esta foi a sétima derrota em 67 combates.

Pacquiao pagou o preço de um começo lento e da incapacidade de acabar o combate com um knockout. No nono Round o filipino teve perto de pôr o pugilista australiano fora de combate, com o árbitro a avisar Horn, mas este acabou por resistir.

De regresso os ringues em novembro após uma paragem de sete meses, Pacquiao bateu Jessie Vargas, por decisão unânime dos juízes, para recuperar o título de meios-médios WBO. A defesa do 'cinto' frente a Horn deveria ser apenas uma etapa antes do reencontro com o norte-americano Floyd Mayweather, que o bateu aos pontos em 2015.

Com Reuters e Lusa

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG