Guarda-redes egípcio bate recorde e defende penálti

Essam El Hadary bateu esta segunda-feira, aos 45 anos e 161 dias, o recorde de jogar mais velho a jogar em Mundiais, que pertencia ao colombiano Faryd Mondragón (43 anos e três dias)

O Egito já não tem qualquer hipótese de se apurar para os oitavos de final do Mundial 2018, mas o seu guarda-redes Essam El Hadary entrou para a história ao bater o recorde de jogador mais velho de sempre a jogar na fase final de um Campeonato do Mundo, aos 45 anos e 161 dias.

A marca foi obtida no jogo frente a Arábia Saudita, na qual o veterano guardião defendeu uma grande penalidade ainda no decorrer da primeira parte.

El Hadary, que é profissional desde 1993, bateu o recorde do colombiano Faryd Mondragón, que no Mundial 2014 jogou com 43 anos e três dias.

Eis a lista dos jogadores mais velhos de semrpe a jogar num Mundial:

1. Essam El Haary (Egito): 45 anos e 161 dias

2. Faryd Mondragón (Colômbia): 43 anos e 3 dias

3. Roger Milla (Camarões): 42 anos e 39 dias

4. Pat Jennings (Irlanda do Norte): 41 anos e 0 dias

5. Peter Shilton (Inglaterra): 40 anos e 292 dias

6. Dino Zoff (Itália). 40 anos e 133 dias

7. Ali Boumnijel (Tunísia): 40 anos e 71 dias

8. Jim Leighton (Escócia): 39 anos e 334 dias

9. David James (Inglaterra): 39 anos e 330 dias

10. Ángel Labruna (Argentina: 39 anos e 260 dias

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG