Gastão Elias supera Artem Smirnov na Taça Davis

O número dois nacional sobreviveu a vários momentos de falta de confiança e a uma longa maratona, para ganhar ao mais bem colocado dos tenistas da Ucrânia, por 6-4, 7-6 (7-1), 6-7 (6-8), 3-6 e 6-1

Um desinspirado Gastão Elias despertou esta sexta-feira no quinto 'set' para impor-se ao ucraniano Artem Smirnov e deixar Portugal um ponto mais perto do 'play-off' de acesso ao Grupo Mundial da Taça Davis em ténis.

O número dois nacional sobreviveu a vários momentos de falta de confiança e a uma longa maratona, para ganhar ao mais bem colocado dos tenistas da Ucrânia, por 6-4, 7-6 (7-1), 6-7 (6-8), 3-6 e 6-1, no primeiro encontro da segunda eliminatória do Grupo I da zona euro-africana, que decorre até domingo no Club Internacional de Foot-Ball (CIF), em Lisboa.

Os 'rankings' enganam e esta sexta-feira, no primeiro encontro do duelo entre Portugal e Ucrânia, Gastão Elias pareceu momentaneamente atordoado por aquilo que descobriu do outro lado da rede.

Apesar da sua classificação modesta (é 507.º da hierarquia ATP), Artem Smirnov exibiu-se a grande nível, com pancadas profundas e colocadas, que colocaram o número dois nacional em apuros.

Elias tardava a encontrar-se, mas, ao sétimo jogo, quebrou, finalmente, a muralha ucraniana, convertendo o segundo 'break-point' de que dispôs, com um 'winner' em cima da linha. Com um 'break' à melhor, o jovem da Lourinhã agarrou a vantagem para conquistar o primeiro parcial por 6-4, em 42 minutos.

A resistência de Smirnov esmoreceu com a perda do 'set' inaugural, com o tenista luso a festejar o 'break' no terceiro jogo. Mas, sem nada a perder, o ucraniano soltou-se e conseguiu o 'contra-break'.

Bem longe do nível a que habituou o público na Taça Davis e que, não por acaso, lhe valeu o apodo de 'Mágico', Elias nunca se afirmou como o 'top 100' que é, limitando-se a sobressair nos momentos decisivos.

Com 5-5 no marcador, o segundo melhor tenista português de sempre, que já tinha desperdiçado dois 'break-points' no nono jogo, voltou a desaproveitar três oportunidades de quebrar o serviço ao 507.º jogador mundial.

Depois de um jogo muito disputado, Elias segurou o seu serviço e empurrou a decisão para o 'tie-break'. Aí, o grande especialista veio ao de cima: rapidamente se adiantou para 5-0, acabando por fechar o parcial com 7-1, para gáudio das bancadas do CIF, que foram ficando lotadas à medida que o encontro ia decorrendo.

No entanto, nem com o 2-0 o português se encontrou, permitindo que Smirnov quebrasse o seu serviço no terceiro jogo. Desconcentrado, sem nunca entrar verdadeiramente no encontro, o número dois nacional foi perseguindo o 'contra-break', algo que aconteceu apenas no oitavo jogo e que motivou um "Siiiim" inspirado em Cristiano Ronaldo.

Depois de desperdiçar um 'match-point' com 5-4 no marcador e outro no 6-5, o português esteve a liderar por 4-0 no 'tie-break' e ainda dispôs de outro ponto de encontro, mas acabou por perder por 8-6.

O revés abalou Elias, que foi quebrado no segundo jogo, desperdiçou um 'break' no terceiro, e acabou por conceder nova quebra de serviço, para ficar com uma desvantagem de 5-1 diante de um Smirnov inesgotável em termos físicos.

O português ainda adiou o previsível desfecho, quebrando e fazendo o 5-3, mas o número um da Ucrânia acabou por vencer o quarto parcial por 6-3.

No 'set' decisivo, Elias 'levou' o 'break' logo de entrada, mas, no jogo seguinte, uma bola que tocou na rede e que caiu como 'amortie' galvanizou-o e o 'contra-break' acabou por surgir.

Foi com o ponto que lhe deu o 40-15 no seu segundo jogo de serviço que o jogador da Lourinhã finalmente se soltou, conquistando de seguida o precioso 'break' e salvando-se de dois pontos de 'contra-break' para lançar-se para o triunfo, consumado com um 6-1, após quatro horas e 35 minutos de encontro.

Agora, cabe a João Sousa, que já de seguida enfrenta Mykyta Mashtakov, a responsabilidade de deixar a seleção nacional com uma preciosa vantagem de 2-0 no final do primeiro dia da eliminatória com a Ucrânia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG