Fugiu sozinho da Gâmbia para a Alemanha e virou estrela da Bundesliga

Tinha 17 anos quando chegou à Alemanha, sozinho, e pediu asilo. Ousman Manneh está a dar cartas no primeiro escalão do futebol germânico

Ousman Manneh foi só mais um dos jovens que, em 2014, chegaram completamente sozinhos à Europa. Vindo da Gâmbia, pediu asilo na Alemanha e, com apenas 17 anos, queria ser capaz de sobreviver sem a família em território desconhecido.

Mas os talentos de Manneh não passaram despercebidos e rapidamente começou a jogar como ponta de lança no Blumenthaler SV, um clube da quinta divisão alemã. Em 11 jogos, marcou 15 golos.

Quando fez 18 anos, já com habilitação legal para assinar um contrato, o jovem refugiado assinou pelo Werder Bremen e, no primeiro jogo na equipa da Bundesliga - a primeira liga alemã - marcou um golo, ao imponente Bayer Leverkusen. "É o melhor momento da minha vida", disse depois da partida, citado pelo Quartz.

Na internet, abundam vídeos que mostram as habilidades do jovem que, até agora, é pioneiro pelo menos num aspeto: tornou-se o primeiro natural da Gâmbia a marcar num jogo Bundesliga.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG