Fernando Santos muda onze e aponta a estreias frente ao Qatar

Portugal joga com o Qatar no sábado. Jogo particular vai servir para o selecionador rodar jogadores e promover algumas estreias. Pepe e Palhinha estão lesionados. Ronaldo foi dispensado. Otávio e Diogo Costa podem estrear-se.

Para Santos esta paragem para os jogos das seleções "não faz sentido" e deu como exemplo o facto de não fazer nenhum treino digno desse entre o jogo com a Rep. Irlanda (quarta-feira) e o encontro com o Qatar (sábado, 17.45, RTP1). "Os jogadores vêm dos seus clubes, com rotinas completamente distintas, com pensamentos de jogo diferentes de clube para clube e chegam aqui e não têm oportunidade para treinar. É um pouco colocá-los a jogar dentro de campo, com a sua qualidade", afirmou o selecionador depois de um curto treino em Almancil e antes da viagem para a Hungria, onde amanhã se realiza o jogo com o Qatar do português naturalizado Pedro Correia.

"Vamos tentar ser uma equipa de posse, com dinâmica. Penso que podemos melhorar a circulação de bola de forma e fazê-lo de forma mais clara e objetiva, fazê-la circular e não procurar constantemente as a jogada individual. E voltar a ser o que não temos sido: uma equipa equilibrada em todos os momentos, quer na perda de bola, quer em posicionamento". Esta é a estratégia para o particular com o Qatar, "uma equipa equilibrada e bem trabalhada" que "anda a ser preparada há seis anos para o Mundial no seu país".

As debilidades defensivas que a equipa portuguesa mostrou nos últimos jogos preocupam o selecionador nacional. "Não temos sido uma equipa muito equilibrada. Se olharmos para o trajeto desta equipa nos últimos quatro jogos sofremos oito golos. É algo completamente anormal. Uma equipa que marca menos do que aquilo que sofre dificilmente ganha jogos", disse entre críticas ao calendário.

Palhinha e Pepe não treinaram. Os dois jogadores tão lesionados, mas Fernando Santos acredita que são recuperáveis para o jogo com o Azerbaijão e por isso vão manter-se no grupo. "Não têm nenhum problema estrutural, não há nenhuma lesão. Foram hematomas que sofreram. A informação clínica que tenho é que em 2/3 dias estarão aptos para poder voltar à competição. O Palhinha talvez mais rápido do que o Pepe. São dois jogadores em quem pensamos que poderemos contar com eles no jogo com o Azerbaijão", disse o engenheiro, revelando que "dificilmente algum dos titulares do último jogo vai jogar de início" com o Qatar.

E pode até haver lugar para algumas estreias. Entre os disponíveis para Fernando Santos apenas os portistas Otávio e o guarda-redes Diogo Costa não têm qualquer internacionalização.

Cristiano Ronaldo foi dispensado na quinta-feira, depois de ter visto um cartão amarelo, o segundo na fase de apuramento para o Mundial 2022, na sequência dos festejos do golo que deu a vitória a Portugal frente à República da Irlanda (2-1), no Estádio Algarve, que o afasta do jogo de terça-feira no Azerbaijão.

No sábado, Portugal defronta o Qatar no Estádio Nagyerdei, em Debrecen, pelas 17.45, num encontro que será dirigido pelo húngaro Grego Bogár.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG