Wild card reservado para Roger Federer no Estoril Open

Tenista surpreendeu ao dizer que ainda não sabe se pode jogar no torneio português...

Federer perdeu esta sexta-feira, no open Monte Carlo, com Jo Wilfried Tsonga (1.ª cabeça de série do Estoril Open), e surpreendeu ao dizer que está cansado e pode falhar a presença no torneio português, quando nem se sabia que o podia fazer.

"Acho que não vou jogar no Estoril, preciso de descansar durante algumas semanas", afirmou o tenista suíço, concluindo: "Em relação a Madrid, vou decidir nos próximos dez dias. Estou pronto a regressar aos 'courts' para treinar, mas primeiro tenho de ver a minha equipa."

O diretor do torneio, João Zilhão, confirmou ao DN o sonho de receber n.º3 do ranking mundial: "Tenho um wild card à espera do Roger Federer até ao limite."

No entanto, compreende que o suíço seja obrigado a dizer não ao Estoril, já que ele regressou agora de uma lesão e pode precisar de descansar. "Eu sei que ele já foi muito feliz aqui e gosta muito de jogar em Portugal e tenho a certeza que ia gostar desta nova versão do Estoril Open, por isso vamos esperar pela decisão dele até ao limite, pois a presença de um tenista como ele engrandece um torneio ao máximo", explicou Zilhão.

O diretor do Millennium Estoril Open elogiou ainda a boa forma do primeiro pré-designado do torneio português, que se joga entre os dias 23 de abril e 1 de maio, no clube de ténis do Estoril: "Tsonga venceu o Federer, em Monte Carlo, por isso só podemos esperar um ténis de grande qualidade no Estoril."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG