"Se jogar à Porto, o Leicester não terá hipóteses"

José Fonte, do Southampton, conhece bem e elogia o adversário do FC Porto. Mas considera os dragões favoritos

Se o FC Porto vencer o Leicester amanhã no Estádio do Dragão, garante automaticamente o apuramento para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões, sem estar à espera de que o FC Copenhaga não vença em Brugge. Há mais de nove anos a jogar em Inglaterra, José Fonte, capitão do Southampton, conhece muito bem o fenómeno Leicester, que contra todas as previsões se sagrou campeão inglês na época passada. É nessa perspetiva que afirma que se trata de"uma equipa difícil" de enfrentar.

O facto de o campeão inglês já ter o apuramento e o primeiro lugar do grupo garantidos leva José Fonte a levantar algumas dúvidas. "Como já estão apurados têm de se concentrar um bocadinho mais na Premier League, pois não estão muito bem", começou por dizer, acrescentando não saber qual a ideia do treinador, o experiente Claudio Ranieri. "Não sei se vai meter os jogadores mais fortes ou rodar a equipa, mas o Leicester trabalha sempre bem", avisa, lembrando que na Liga dos Campeões "têm realizado uma excelente campanha".

Apesar de todas as dúvidas que se levantam quanto ao onze do Leicester, José Fonte assume que "não será fácil para o FC Porto" vencer uma equipa com "bons jogadores". Ainda para mais, há um aspeto que os dragões têm de ter em consideração: "O Leicester vai querer ganhar. Mas, na minha opinião, o FC Porto é favorito, sem dúvida, até porque tem muito a ganhar e o Leicester, vendo bem, não tem muito por que jogar, mas chega tranquilo ao Dragão." De qualquer forma, assume que "se o FC Porto entrar com aquela mentalidade à Porto do antigamente o Leicester não terá hipóteses".

Em poucos meses muito mudou na classificação do Leicester na Premier League. Em maio estavam a festejar o título e atualmente estão no 15.º lugar, apenas com dois pontos acima da zona de despromoção. Ainda assim, José Fonte considera que "não há muitas diferenças" em relação à produção da equipa. "A única diferença é que no ano passado correu tudo bem, as coisas encarreiraram, saíram bem e eles uniram-se", explica, considerando que a equipa de Ranieri está agora a voltar à dura realidade. "A balança começa a acertar. Temos de ser honestos, o Leicester não tem a qualidade do Manchester City, Chelsea ou Arsenal e a verdade é que neste ano está no meio da tabela."

Ou seja, "o Leicester está no lugar em todos esperavam tê--lo visto na época passada". De qualquer forma, o internacional português enaltece o "grande trabalho" que o clube está a realizar na Champions. "É uma equipa organizada com valores individuais muito bons, como Mahrez, Slimani, Jamie Vardy ou Drinkwater. Mas é isso, um conjunto organizado e com alguma qualidade...", diz, deixando depois um desabafo em jeito de brincadeira: "Bem... temos de ser honestos, não é?"

O FC Porto também não tem feito uma época deslumbrante, tendo no último jogo com o Sp. Braga quebrado uma série de cinco empates consecutivos. José Fonte admite não ter visto muitos jogos dos portistas, mas sempre vai dizendo que tantos empates "não é muito normal". De qualquer forma acredita que foi apenas "um período" que todas as equipas têm. "O FC Porto tem uma grande equipa, grandes jogadores e grandes avançados como o André Silva, acredito que tenha sido apenas uma má fase", finalizou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG