FC Porto sonda Rojo e Mangala para reforçar a defesa

Portistas recolheram informações sobre a cláusula antirrivais imposta pelo Sporting ao Man.United. Argentino no Dragão agradaria à Doyen, mas Rojo teria que assumir uma batalha jurídica com o ex-clube

O FC Porto está apostado em reforçar o setor defensivo. Depois de assegurada a contratação de Felipe, ex-Corinthians, e da venda de Maicon ao São Paulo, os dragões sondaram a possibilidade de recrutar dois nomes já com experiência na I Liga, ambos sem espaço em Manchester: Rojo e Mangala.

Segundo apurou o DN, o FC Porto estuda a possibilidade de contratar Marcos Rojo, apesar de Sporting e Manchester United terem celebrado uma cláusula que impediria o argentino de assinar por um rival dos leões. O acordo celebrado aquando da transferência de Rojo, em 2014, previa que o United só poderia libertar o defesa para FC Porto, Benfica e Sp. Braga mediante o pagamento de 60 milhões de euros, dos quais metade seriam destinados aos cofres leoninos.

No entanto, os portistas procuraram saber em que medida o acordo poderá ser contornável, sobretudo após o Tribunal Arbitral do Desporto ter dado razão ao fundo Doyen Sports no diferendo com o Sporting no caso Rojo.

O defesa não entra nos planos de José Mourinho para o Manchester United e a sua colocação no Dragão é um cenário que agradaria também à Doyen. Faltará saber se o defesa quer comprar uma batalha jurídica com o Sporting sobre a validade ou não da cláusula antirrivais.

Em comum, Mangala também é um jogador ligado à Doyen Sports e cujo futuro não mora em Manchester. O central francês, contratado pelo City há duas épocas, ainda não conseguiu convencer os responsáveis dos citizens e é um jogador dispensável para Guardiola.

Neste caso, as hipóteses de Mangala rumar ao Dragão são maiores. O central é agenciado por Jorge Mendes, empresário que voltou a aproximar-se da SAD portista, e veria com bons olhos um regresso. O maior obstáculo, porém, está no elevado salário, que implicaria uma redução. O City não colocaria grandes entraves a um empréstimo.

Telles a caminho, Maicon crítico

O lateral esquerdo Alex Telles está perto de rumar ao FC Porto. Os dragões ainda estão em negociações com o Galatasaray, mas já há um princípio de entendimento para um negócio que se concretizará por cerca de 6,5 milhões de euros. No entanto, é intenção dos portistas tentar incluir pelo menos um jogador como moeda de troca. Josué é um forte candidato.

Já longe do Dragão, Maicon (vendido definitivamente ao São Paulo por seis milhões, mais 50% dos passes dos jovens Lucão e Inácio) deixou críticas à direção portista, acusando o clube de não ter sabido tratar uma lesão. "Na verdade, o FC Porto sabia o que estava a acontecer, os médicos sabiam, o diretor sabia, toda a gente sabia o que estava acontecendo. Tive uma rutura muscular de três a quatro centímetros, tive duas recidivas. Fiquei um pouco chateado porque não vi ninguém a lutar por mim", lamentou, em entrevista ao UOL Esporte.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG