Duração do contrato deixa Sérgio Conceição num impasse

Dragões propõem vínculo até final da época. O técnico exige uma cláusula de renovação automática se conquistar o título

A sucessão de Julen Lopetegui no comando técnico do FC Porto está, neste momento, num impasse. Tal como o DN adiantou na edição de ontem, Sérgio Conceição esteve em conversações com a SAD do FC Porto durante o dia de segunda-feira, mas essa abordagem não chegou para já a um final feliz.

É que o atual treinador do V. Guimarães - adversário dos dragões no domingo para a Liga - não está recetivo a aceitar um contrato válido apenas até final da época, sem a possibilidade de ser renovado automaticamente por um ou dois anos no caso de serem atingidos os objetivos, sobretudo o título de campeão nacional. O processo ficou num impasse, até porque os portistas não querem precipitar-se na escolha do novo treinador.

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG