FC Porto ofereceu 7,5 milhões por ano a Jorge Jesus

Mercado. Treinador deu ontem a entender que fica no Sporting e confessou que a receção em Alvalade mexeu com "ideias que podia ter"

Jorge Jesus deu ontem a entender que vai cumprir o que resta do contrato com o Sporting, até 2018, mas, ao que o DN apurou, o FC Porto tentou Jorge Jesus com um vencimento superior em 50% ao que aufere em Alvalade. O DN sabe que os azuis e brancos propuseram um ordenado de 7,5 milhões de euros brutos/ano ao técnico vice-campeão nacional, que em Alvalade aufere cinco milhões anuais, e a garantia de fundos para reconstruir uma equipa que pudesse entrar e disputar o título nacional que tem fugido aos dragões nos últimos três anos.

O contrato oferecido seria de dois anos, o que perfazia 15 milhões de euros ilíquidos para o técnico. A isto teria de se juntar os honorários da restante equipa técnica, que em Alvalade rondam os dois milhões de euros brutos/ano, e ainda os 14 milhões para indemnizar o Sporting pelo contrato em vigor - expira em 2018.

Leia mais na edição impressa ou no epaper do DN

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG