FC Porto elimina Juventus de Ronaldo apesar da derrota em Turim

Dragões perderam por 2-3 em Itália, mas beneficiaram da regra dos golos fora para chegar as quartos de final da Liga dos Campeões, após venceram por 2-1 na Invicta

O FC Porto qualificou-se esta terça-feira para os quartos-de-final da Liga dos Campeões de futebol, apesar de ter perdido com a Juventus, por 3-2, após prolongamento, na segunda mão dos oitavos de final.

Sérgio Oliveira, aos 19 (grande penalidade) e 115 minutos, marcou para o FC Porto, que jogou desde os 54 em inferioridade numérica, por expulsão de Taremi, com Chiesa (49 e 63) e Rabiot (117) a fazerem os golos da Juventus.

Por ter marcado mais um golo fora, o FC Porto, que tinha vencido no Dragão por 2-1, volta a apurar-se para os quartos-de-final, duas temporadas depois da última presença.

11.ª presença nos quartos-de-final

Ao selar a 11.ª presença nos quartos-de-final da Liga dos Campeões, a A formação azul e branca repetiu, assim, o que já tinha conseguido em 1986/87, 1990/91, 1992/93, 1993/94, 1996/97, 1999/00, 2003/04, 2008/09, 2014/15 e 2018/19.

Na Taça dos Campeões Europeus, os dragões só chegaram duas vezes aos quartos, em 1986/87, ano do primeiro título, e em 1990/91, mas, na era Champions (desde 1992/93), passaram a ser nove as presenças nos oito melhores.

Neste ciclo, destaque para a conquista de um segundo cetro continental, em 2003/2004, e para a presença nas singulares meias-finais de 1993/94, disputadas em apenas a um jogo - os dragões perderam 0-3 com o FC Barcelona, em Nou Camp.

Em 1996/97, 1999/00, 2008/09, 2014/15 e 2018/19, o FC Porto não conseguiu ultrapassar os quartos de final, tal como em 1990/91, e, em 1992/93, ficou-se pela fase de grupos, então apenas para os oito melhores (dois grupos de quatro).

No que respeita ao ranking português, o Benfica, também bicampeão europeu (1960/61 e 61/62), como os dragões, lidera destacado, com 18 presenças nos quartos-de-final.

Desde que foi criada a Liga dos Campeões, os encarnados só conseguiram, porém, quatro presenças no top 8, e nunca passaram dos quartos-de-final, fase que alcançaram em 1994/95, 2005/06, 2011/12 e 2015/16.

Além das águias e dos dragões, só uma outra equipa portuguesa, e apenas uma vez, conseguiu chegar aos quartos-de-final da principal prova europeia de clubes, o Sporting, em 1982/83 (1-0 em casa e 0-2 fora, com a Real Sociedad).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG