UEFA abre processo disciplinar contra Portugal, Hungria e Bélgica

O que está em causa para Portugal? Uma multa. Que aconteceu? A imagem diz tudo: adepto "invadiu" o campo para tirar uma selfie

A UEFA abriu inquéritos às federações de Portugal, Hungria e Bélgica na sequência de incidentes em que os seus adeptos estiveram envolvidos nos estádios dos encontros de sábado

No caso de Portugal está em causa "a selfie tirada por Cristiano Ronaldo com um adepto no final do encontro entre Portugal e a Áustria".

Como o "fã invadiu o campo" - comportamento que é proibido pelos regulamentos - para tirar uma fotografia. Portugal será alvo de processo disciplinar.

O Jornal Record adianta que Portugal poderá ter de pagar uma multa.

Das três federações agora visadas, a Hungria é a que arrisca uma pena mais pesada. Alguns dos seus adeptos terão entrado em confronto com os seguranças e a polícia no estádio Velodrome, em Marselha, antes do início do encontro com a Islândia, tendo atirado tochas luminosas para o relvado logo após o apito final.

Enquanto a decisão do inquérito foi anunciada para terça-feira, as de Bélgica, uso de fumos e lançamento de projéteis, e de Portugal, invasão do terreno de jogo, não foram ainda reveladas.

Estas são as imagens do caso português.

Outros casos

As federações da Croácia e da Turquia vão conhecer segunda-feira as sanções de que vão ser alvo por parte da UEFA, na sequência dos incidentes em que os seus adeptos estiveram envolvidos nos encontros de sexta-feira do Euro2016.

O Comité de Disciplina do organismo que superintende o futebol europeu anunciou em comunicado que abriu um inquérito e marcou para segunda-feira uma reunião para analisar os incidentes nos jogos Croácia-República Checa e Espanha-Turquia, da segunda jornada da fase de grupos.

Por seu lado, no jogo de Nice, os adeptos da Turquia, que perdeu por 3-0 com a bicampeã em título Espanha, são acusados de lançar fumos e projéteis e ainda de invasão do relvado.

Na sequência de idênticos procedimentos, a UEFAexpulsou a Rússia da competição, com pena suspensa, o que significa que no caso de se voltarem a repetir incidentes com os adeptos russos, a sua seleção será excluída do Euro2016.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG