Etapa maratona, um dia de descanso para a assistência

A piloto portuguesa de Todo-o-Terreno escreve uma crónica diária no DN.pt durante o Rali Oilybia de Marrocos, que decorre entre os dias 4 e 10 de outubro e no qual compete na categoria de camiões

Hoje é dia de etapa maratona para nós e dia de descanso para a minha assistência.

É sempre uma oportunidade que eles têm para cuidar do nosso "velhinho" KAT, o nosso camião de assistência, fazer arrumações e uma limpeza nas ferramentas. Enfim todo o trabalho essencial para organizar aquela que é a nossa oficina ambulante durante estes dias.

Depois de terem terminado estas tarefas aproveitam para rever os amigos que foram sendo feitos ao longo dos anos nesta região de Erfoud, que nós conhecemos tão bem, e comer uma comida caseira feita por uma família local. A constante participação em provas africanas permitiu-nos desenvolver um gosto particular por esta zona e pelas suas gentes e fizemos boas amizades por aqui.

No entanto, as coisas não são exatamente o que aparentam, pois embora se sinta uma certa tranquilidade na realidade a tensão está sempre presente pois algo pode acontecer e terem de largar tudo e terem que ir ao nosso encontro a qualquer momento é sempre uma constante. Mas, tentamos gerir a nossa corrida por forma a que tudo se mantenha dentro da normalidade e se possível alcançar um bom resultado.

As chuvas que assolaram a região de Erfoud nos últimos dias não deixaram o piso em bom estado e já fizeram os seus estragos. Tanto que a etapa de ontem acabou por ser neutralizada após 130 quilómetros. Veremos o que o dia nos reserva para hoje uma vez que todo o trabalho que for necessário executar no MAN de competição ficará apenas ao nosso encargo.

Desejem-nos sorte. Até amanhã.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG