Estádio da Luz abre portas na sexta-feira para homenagem a Chalana

Benfica anunciou que não haverá camisola número 10 no plantel da equipa principal de futebol nesta temporada, numa evocação da memória do antigo extremo.

Fernando Chalana será homenageado esta sexta-feira às 15:30 no relvado do Estádio da Luz, anunciou esta quarta-feira o Benfica.

A cerimónia será aberta a todos os que desejem participar, "estando toda a nação benfiquista convidada para prestar tributo a quem tanto nos fez vibrar nos relvados e se consagrou como uma das maiores figuras do clube e do futebol português", explicaram as águias.

O corpo do antigo internacional português estará em câmara-ardente na Basílica da Estrela entre as 19:00 e as 22:00 desta quinta-feira. O velório vai prosseguir na manhã do dia seguinte, a partir das 10:00, com celebração de uma missa às 14:15. O cortejo fúnebre sairá depois para o Estádio da Luz.

Por fim, o corpo de Fernando Chalana vai ser cremado no Cemitério do Alto de São João, às 17:30, numa cerimónia restrita à família.

O Benfica anunciou ainda que "não haverá camisola número 10 no plantel da equipa principal de futebol nesta temporada, numa evocação da memória do inesquecível e inimitável Fernando Chalana".

O antigo futebolista Fernando Chalana morreu esta quarta-feira aos 63 anos.

Com início da formação no Barreirense, Chalana, 27 vezes internacional por Portugal, chegou ao Benfica em 1974/75, ainda com idade de júnior e mudou-se em 1984/85 para o Bordéus, clube no qual esteve três anos antes de regressar às 'águias', terminando a carreira com uma época no Belenenses (1990/91) e outra no Estrela da Amadora (1991/92).

Após o final da carreira, Chalana esteve vários anos ligados à formação do Benfica e chegou mesmo a assumir o comando técnico da equipa principal das 'águias' em duas ocasiões, em 2002/03 e em 2007/08.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG