Equipa dos distritais de Santarém sofre 45 golos em protesto

Jogadores do Centro Desportivo Social e Cultural do Cercal ficaram 75 minutos imóveis, em protesto de uma decisão da Associação de Futebol de Santarém, perdendo por 1-45 diante do Caixeiros

Os jogadores da equipa de futsal do Centro Desportivo Social e Cultural do Cercal, que disputa a I Divisão do Campeonato Distrital da Associação de Futebol de Santarém, entraram este domingo em campo para disputar a última jornada da prova, mas ficaram imóveis durante 75 minutos, sofrendo 45 golos do Caixeiros, que não marcou qualquer golo durante a segunda parte por respeito ao adversário. O resultado final foi 45-1, sendo que o único golo do Cercal foi um autogolo.

A imobilidade dos atletas foi uma forma de protesto para com uma decisão da AF Santarém, que penalizou a formação de Ourém com a eliminação na meia-final da Taça do Ribatejo por falta de policiamento no primeiro jogo da eliminatória, atribuindo-lhe uma derrota por 0-3 apesar de um acordo entre as duas equipas para repetir o encontro.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG